8 eventos ao vivo

Chadwick faria escravo que virou primeiro samurai negro

Ator estava empolgado com a cinebiografia de um herói real que conquistou façanha nunca repetida

3 out 2020
09h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Alçado ao estrelado com o Pantera Negra, e agora eternizado graças ao personagem da Marvel Comics, Chadwick Boseman pretendia incluir um super-herói da vida real em sua galeria de tipos. Ele interpretaria Yasuke, escravo muçulmano de Moçambique, falante nativo do português, que se tornou o primeiro e único samurai negro. O ator seria também um dos produtores do longa e estava envolvido na pré-produção antes do agravamento do câncer de cólon que o matou aos 43 anos, no final de agosto.

Uma estátua de Yasuke e Chadwick Boseman como Pantera Negra: heróis negros inspiradores
Uma estátua de Yasuke e Chadwick Boseman como Pantera Negra: heróis negros inspiradores
Foto: Reprodução

"A lenda de Yasuke é um dos segredos mais bem guardados da história. Não será apenas um filme de ação, é um evento cultural. Estou animado por fazer parte disso”, declarou Chadwick em maio de 2019.

O artista tinha pressa em realizar o projeto porque havia uma outra produção sobre Yasuke sendo tocada em Hollywood. No início deste ano, a fragilidade de sua saúde e os cancelamentos nos estúdios de cinema por conta da pandemia de covid-19 impediram o início das filmagens.

Boseman teve contato com a história de Yasuke durante as pesquisas sobre africanidade para construir sua atuação de T´Challa, o rei de Wakanda. Fora do Japão, poucos conhecem a trajetória do escravo da etnia macua chamado levado por missionários jesuítas europeus ao Japão em 1579. Ele teria sido a primeira pessoa de pele negra a pisar na Terra do Sol Nascente. Os talentos do africano - inclusive sua facilidade de aprender o japonês - chamaram a atenção do poderoso dono de terras e guerreiro Oda Nobunaga.

Ele recrutou o serviçal dos religiosos para fazer parte de sua guarda pessoal. Com 1,82m de altura, o africano se destacava dos soldados japoneses, todos com menos de 1,60m. Após dar várias provas de destreza física (‘Ele tem força dez vezes superior à dos homens normais’, registraram) e integridade ética, o imigrante recebeu a honraria máxima: o título de samurai, até então conquistado quase exclusivamente por hereditariedade ou relação consanguínea.

O lendário samurai negro Yasuke já foi retratado em vários livros e mangás
O lendário samurai negro Yasuke já foi retratado em vários livros e mangás
Foto: Reprodução

O primeiro e único samurai negro lutou bravamente contra inimigos de seu mestre, mas não conseguiu impedir a derrota em uma guerra por poder. Após Oda Nobunaga e o filho dele cometerem o ritual de seppuku (suicídio em nome da preservação da dignidade), Yasuke foi banido pelo general que assumiu o controle da região. Apesar de ser um excelente militar, teve a carreira encerrada abruptamente. Não há registros oficiais a respeito de seu destino. Nenhum historiador descobriu onde, quando e como o lendário samurai negro morreu. Jamais existiu outro ‘bushi’ de pele preta.

A continuidade do filme sobre Yasuke que seria protagonizado por Chadwick Boseman é incerta. Uma animação sobre o personagem foi produzida pela Netflix em parceria com o estúdio japonês MAPPA. Nesta produção, o rapper e ator Lakeith Stanfield, da série ‘Atlanta’ e da comédia-policial ‘Entre Facas e Segredos’, foi escalado para fazer a voz do guerreiro nipo-africano. Ainda não anunciaram a data de lançamento. Praticamente desconhecido no Brasil, Yasuke inspirou uma coleção da grife LAB, do rapper Emicida, desfilada na São Paulo Fashion Week em outubro de 2016. No ano seguinte, o artista lançou o single ‘Yasuke (Bendito, Louvado Seja)’.

Veja também:

Keaton mantém sigilo sobre rumores de voltar a ser Batman
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade