1 evento ao vivo

Promotor: baterista do AC/DC queria matar homem e sua filha

Phil Rudd planejou crime no final de setembro

7 dez 2014
14h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Phil Rudd mostra o dedo para fotógrafo em saída de tribunal
Phil Rudd mostra o dedo para fotógrafo em saída de tribunal
Foto: Joel Ford / Getty Images

Começou na última quinta-feira (4) a avaliação judicial do caso que acusa o baterista do AC/DC, Phil Rudd, de posse de drogas e planejamento de assassinatos. Segundo a promotoria que participa do julgamento, Rudd pretendia matar um homem e sua filha. As informações são da BBC. 

Siga Terra Música no Twitter

Inicialmente, Phil havia sido acusado de orquestrar o assassinato de dois homens, mas a alegação foi derrubada por falta de provas. Agora, os promotores tiveram acesso a uma ligação onde Rudd conversa com um parceiro de negócios, e diz o que pretende fazer com o homem, que teria sido seu emprego por três anos. 

Nesta semana, Phil Rudd já havia sido preso por estar envolvido em um incidente com uma testemunha do caso e com seu próprio segurança. Por conta dos problemas judiciais, o músico não deve participar da turnê de divulgação do novo disco do AC/DC, Rock of Bust

Veja também:

Afro B, Tropkillaz e a versão brasileira de 'Condo'
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade