3 eventos ao vivo

Rafael Vitti desabafa após morte de Jorge Fernando

Marido de Tatá Werneck divide a tristeza do luto com a felicidade de se tornar pai

29 out 2019
12h47
atualizado às 13h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Rafael Vitti homenageou na manhã desta terça-feira, 29, o ator e diretor Jorge Fernando, que morreu no último domingo, 27, após ter um aneurisma aos 64 anos. Os dois trabalharam juntos na novela Verão 90, da Globo.

Rafael Vitti compartilhou momentos que viveu ao lado de Jorge Fernando em 'Verão 90'.
Rafael Vitti compartilhou momentos que viveu ao lado de Jorge Fernando em 'Verão 90'.
Foto: Instagram / @rafaavitti / Estadão Conteúdo

Vitti falou sobre os diferentes sentimentos pelos quais está passando, uma vez que perdeu um companheiro de trabalho na mesma época do nascimento de sua primeira filha, Clara Maria, fruto do relacionamento com Tatá Werneck.

"Estou aqui vivendo um abismo de emoções. Muita felicidade e também um buraco no meu peito que não me deixa pregar os olhos, mesmo não dormindo quase nada nos últimos dias", desabafou. "Estou vendo nossas conversas no WhatsApp, revirando as fotos, gravei em áudio seu discurso para a equipe no último dia de Verão 90 e fico ouvindo e ouvindo. Saudades de te dar um abraço apertado."

O ator escreveu também sobre a importância de Jorge Fernando em sua carreira artística. "Você me deixou mais calejado, confiante e preparado para os desafios da profissão. Entendi por que falavam tanto de você, do seu talento, mas o que mais me encantou foi sua alegria, seu alto astral, sua paixão e respeito pelo nosso ofício", elogiou.

Tatá Werneck comentou a publicação do marido: "Te amo, meu amor. Que bom que conseguiu compartilhar o tanto que você estava sentindo."

Mateus Solano também respondeu ao desabafo de Vitti: "Chorei que nem criança aqui. Quanta alegria esse homem nos deu a vida toda."

Leia o desabafo na íntegra:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Te amo Jorginho!!!!! Falava isso pra você todo dia...a gente se cumprimentava com selinho...lembro do primeiro dia de gravação, cenário da "Maremoto FM" , tava nervoso, diziam que você gravava tudo de primeira... (verdade hehe) mas aprendi o por que...a beleza, a espontaneidade que existe no primeiro impulso... era isso... exigia muito estudo e concentração... você me deixou mais calejado, confiante e preparado para os desafios da profissão... muita correria, você a mil, turbilhão de ideias, sua criatividade tão espontânea me inspirava a embarcar na tua "onda cavada" e no nosso Verão 90, entendi por que falavam tanto de você, do seu talento, mas o que mais me encantou foi sua alegria, seu alto astral, sua paixão e respeito pelo nosso ofício..ahh Jorginho, queria tanto ver sua peça, você em cena, no palco, gênio, dominando tudo, o público, te amo, muito difícil acreditar...você sempre fazia questão de dizer o quanto acreditava no meu potencial e que era pra eu confiar nisso...não esqueço de como você reagiu à notícia da nossa gravidez, ficou feliz como se fosse nascer uma netinha sua...estou aqui vivendo um abismo de emoções...muita felicidade e também um buraco no meu peito que não me deixa pregar os olhos mesmo não dormindo quase nada nos últimos dias... estou vendo nossas conversas no WhatsApp, revirando as fotos , gravei em áudio seu discurso pra equipe no último dia de Verão 90, fico ouvindo e ouvindo...saudades de te dar um abraço apertado, como eu fazia todo dia antes de entrar no estúdio, brincava que era pra pegar um pouco da tua energia boa... enfim, me sinto privilegiado de poder estar tão próximo de um cara tão genial feito você, e que me tratava com tanto amor... o que me conforta, é saber que você viveu a vida intensamente, que aproveitou, mesmo com tudo de inesperado que a existência possa nos trazer... sou seu fã... demais! Sempre fui, meu sonho era ser dirigido por você, ficava te olhando e imaginando como sua cabeça funcionava...te carrego pra sempre no meu coração e em lindas memórias das gravações em Cabo Frio , do estúdio C... são tantas lembranças..vou dormir, pedi pra sonhar com você... te amo, mestre, maestro, artista, eterno!!

Uma publicação compartilhada por Rafael Vitti (@rafaavitti) em

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade