PUBLICIDADE

Marido de Shantal diz que médico foi machista

Em depoimento, Matheus Verdelho garante que ficou sem reação na hora do parto da filha Domenica

4 jan 2022 11h48
| atualizado às 12h00
ver comentários
Publicidade

Matheus Verdelho, marido da influenciadora Shantal Verdelho, disse em depoimento à polícia no dia 20 de dezembro, que ouviu "os xingamentos" do médico Renato Kalil Filho à sua mulher na hora do parto da filha, Domenica, em setembro do ano passado.

Shantal e o marido, Mateus Verdelho, no nascimento da filha, Domenica junto com médico Renato Kalil Instagram/Shantal
Shantal e o marido, Mateus Verdelho, no nascimento da filha, Domenica junto com médico Renato Kalil Instagram/Shantal
Foto: Shantal / Instagram

O modelo e empresário afirma que o comentário foi machista, mas que, na hora, não deu importância. "Sua emoção estava toda ligada à sua filha", jamais em aspectos do corpo de Shantal, segundo registro do depoimento, que a coluna Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, teve acesso.

Só depois de ver o vídeo completo do nascimento,  o casal "racionalizou" o que tinha acontecido. E ficou "chocado", esbravejou. Em seu relato, ele também comentou que o obstetra o chamou para "olhar a vagina de sua esposa". E em seguida comentou "o tanto que rasgou".

Verdelho endossa também a acusação de Shantal de que Kalil receitou a ela o medicamento Misoprostol para induzir o parto. Ele é contraindicado para pacientes que já tenham feito cesárea, caso da influenciadora.

Por sua vez, o advogado Celso Vilardi, que defende o médico, diz que ainda não teve acesso ao inquérito. Afirma, contudo, que o parto de Shantal ocorreu sem qualquer intercorrência.vAs condutas do médico sempre foram pautadas "pelas boas práticas", segundo integralmente protocolos técnicos vigentes.

Já o advogado de Shantal, Sergei Cobra Arbex, explicou que o processo corre sob sigilo e que não poderia comentar o conteúdo do depoimento de Verdelho.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade