PUBLICIDADE

Maiara e Maraisa alteram nome de álbum com Marília Mendonça após determinação da Justiça

O trabalho passou a se chamar 'Festa das Patroas 35%' após decisão da Bahia

18 jun 2022 15h49
| atualizado às 15h52
ver comentários
Publicidade
O projeto intitulado “As Patroas” foi lançado em outubro do ano passado
O projeto intitulado “As Patroas” foi lançado em outubro do ano passado
Foto: Mais Goiás

As sertanejas Maiara e Maraisa tiveram que mudar o nome de um álbum que elas têm com Marília Mendonça. O projeto, que tinha o nome de "Patroas 35%" foi alterado para "Festa das Patroas 35%". A Justiça da Bahia proibiu as cantoras de usar a marca.

Maraísa compartilhou no Twitter uma foto com a nova marca.

 

 

A assessoria da dupla informou, através de nota, que o processo envolvendo a marca está sendo cuidado juridicamente da "melhor maneira". Além disso, a nota informou que "historicamente, as três artistas já escreveram seus nomes".

Ainda segundo a assessoria, a alteração para "Festa das Patroas" é um desejo da dupla de “voltar ao início”. Elas já tinham essa marca registrada desde 2015, mas a concessão foi feita em 2017.

As Patroas

Marília Mendonça, Maiara e Maraisa tinham lançado o projeto intitulado “As Patroas” em outubro do ano passado, e saíram em turnê esse ano,  para contar a história da amizade entre elas. O projeto foi interrompido após o acidente que vitimou Marília. 

Para a Justiça da Bahia, a cantora Daisy Soares é proprietária da marca “As Patroas”, e tanto a dupla quanto o escritório WorkShow, que cuida da carreira delas, estão proibidos de usar a marca “A Patroa”, seja no singular ou plural, em qualquer produto comercializado e publicidades físicas ou pela internet. 

O juiz do caso ainda determinou o pagamento de uma multa no valor de R$ 100 mil em caso de descumprimento da decisão. A dupla e o escritório ganharam o prazo de 15 dias para se defender na Justiça.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade