0

Kim Kardashian pretende doar máscaras cirúrgicas e desinfetantes para hospitais

Empresária doou na última segunda-feira, 30, R$ 5 milhões para famílias em situação de vulnerabilidade

1 abr 2020
18h41
atualizado às 19h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Kim Kardashian falou em entrevista ao programa americano The View na terça-feira, 31, que sua marca de cintas modeladoras, a Skims, pretende produzir máscaras cirúrgicas para doar a hospitais durante a pandemia do novo coronavírus.

A empresária e estudante de Direito, conhecida por seu ativismo na causa carcerária, afirmou que a empresa tem cinco fábricas espalhadas em diferentes países e está estudando a possibilidade de fazer máscaras e outras "coisas úteis para hospitais".

Foto: @kimkardashian / Instagram / Reprodução

"Estou trabalhando com nossos parceiros de outras companhias que doaram máscaras e vendo de fazer desinfetantes nas nossas empresas de fragrâncias", revelou. "É uma grande mudança no que fazemos, e estamos felizes que estamos vendo algumas boas notícias de que seremos capazes de ajudar", completou.

Na noite de segunda-feira, 30, Kim Kardashian anunciou pelo seu perfil no Instagram que a Skims doou US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões, na cotação atual) para famílias em situação de pobreza. Ela não informou, porém, se a ajuda será para pessoas dos Estados Unidos, seu país de origem, onde o presidente Donald Trump projeta um mínimo de 100 mil mortos no país.

Assista à entrevista completa de Kim Kardashian ao The View:

 

Veja personalidades que fizeram doações para ajudar no combate ao coronavírus

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade