PUBLICIDADE

João Gordo: "Sou ser humano em construção e FD* em desconstrução"

Cantor faz balanço do sucesso e ainda comenta saúde frágil na faixa dos 50 anos

5 jul 2022 - 16h46
(atualizado às 17h07)
Ver comentários
Publicidade
João Gordo, cantor e músico
João Gordo, cantor e músico
Foto: Reprodução Instagram / @jgordo

Aos 58 anos, o cantor João Gordo, vocalista do Ratos de Porão, parece estar mudando seu posicionamento como ser humano. O ex-apresentador da MTV admite que há 20 anos era um "bolsominion" e "escroto", além de homofóbico. 

"Estou tentando sempre me tornar uma pessoa melhor. Hoje sou um ser humano em construção e um filho da p* em desconstrução", disse João Gordo, em entrevista ao Jornal O Globo.

Na última semana, o músico recebeu apoio do público após postar uma foto em que aparece fazendo nebulização com um oxímetro no dedo. O motivo do tratamento é porque há alguns anos foi diagnosticado com doença pulmonar obstrutiva crônica.

"Acho que eu sou muito mais querido do que odiado. Fico feliz de o pessoal se preocupar comigo, mas não é para todo mundo ficar passando a mão na cabeça do gordinho, para ficar com dó de mim. Tudo isso aconteceu porque eu sou um retardado!", avaliou o artista.

Para ele, as "montanhas de cigarro e maconha" que fumou são responsáveis pelo seu diagnóstico. Mas ele ainda não abandonou esses maus hábitos.

"De vez em quando dou uns bong nuns baseados, mas não é como era antes", garante o cantor, que já passou quatro meses na UTI e foi internado seis vezes em decorrência do fumo.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade