PUBLICIDADE

Globo tira Zorra do ar sem direito a despedida

A última edição foi ao ar no sábado e a produção foi interrompida nesta semana

9 dez 2020 10h16
| atualizado às 10h48
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Globo / Pipoca Moderna

A rede Globo encerrou o humorístico "Zorra" sem direito a despedida. A última edição foi ao ar no sábado (6/12) e a produção foi interrompida nesta semana.

O final do "Zorra" já estava previsto desde outubro, mas a data de exibição de seu último episódio não havia sido divulgada. Entre alguns dos atores, havia a expectativa de que a atração seguisse por mais duas semanas, porque o trabalho continuava. Há esquetes gravados que não chegaram a ser exibidos.

A nova temporada contou com os reforços de Marisa Orth e Diogo Vilela, que ficaram no ar por apenas quatro meses.

O programa era o mais simbólico da era de Marcius Melhem à frente do humor da Globo e o encerramento acontece após o mal-estar causado pela repercussão de uma reportagem da revista Piauí com relatos de assédio sexual e moral atribuídos ao ex-diretor da emissora.

Mas "Zorra" não foi a única atração desenvolvida sob a supervisão de Melhem a ser cancelada. Todos os programas criados pelo ator e roteirista, como o "Fora de Hora", a nova versão da "Escolinha do Professor Raimundo" e o quadro "Isso a Globo Não Mostra", no "Fantástico", foram cancelados pela Globo.

Com o fim do "Zorra", boa parte do elenco do programa será dispensado após o final deste ano. O "Altas Horas" assumirá o lugar da atração e passará a ir ao ar mais cedo a partir desta semana.

Paralelamente, um novo humorístico vem sendo desenvolvido sob o comando de Antonio Prata. A estreia está prevista para maio.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade