2 eventos ao vivo

David Prowse (1935 - 2020)

29 nov 2020
15h37
atualizado às 17h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/Lucasfilm / Pipoca Moderna

O ator e fisiculturista David Prowse, que interpretou o personagem Darth Vader na primeira trilogia de "Star Wars", morreu no sábado (28/11) aos 85 anos, de causa não divulgada.

Prowse se destacou como fisiculturista nos anos 1970 e foi seu porte físico imponente que levou o diretor George Lucas a escalá-lo para seu filme. Curiosamente, o cineasta tinha pensado nele para o papel de Chewbacca, mas logo mudou de ideia, levando-o a viver o grande vilão da franquia. Por ter um sotaque britânico muito forte, Prowse foi dublado pelo ator James Earl Jones no papel.

Foi uma grande frustração para Prowse ter sua voz apagada no filme, porque seu papel mais famoso até então, Julian, em "Laranja Mecânica" (1971), praticamente não falava em cena.

Ao longo da carreira, ele se especializou em viver monstros. Prowse estreou no cinema na comédia "Cassino Royale" (1967), uma paródia dos filmes de James Bond, em que viveu a criatura de Frankenstein, personagem que voltou a viver em "Frankenstein e o Monstro do Inferno" (1974). Ainda foi o Homem Forte em "O Circo dos Vampiros" (1972), um minotauro na série "Doctor Who", um androide num arco de "Os Seres do Amanhã" (The Tomorrow People), um alienígena feito de nuvens num episódio de "Espaço: 1999" (Space: 1999) e um carrasco em "Criaturas que o Tempo Esqueceu"(1977). Mas também viveu um super-herói numa campanha de trânsito do Reino Unido, o Green Cross Code Man.

Quando o primeiro "Star Wars", então conhecido como "Guerra nas Estrelas", chegou aos cinemas em 1977, muitos acreditavam que James Earl Jones era quem vivia o vilão, para aumentar a frustração de Prowse. Mas o sucesso da produção foi tamanha, que todos os detalhes de seus bastidores acabaram esmiuçados pelos fãs, dando enfim o reconhecimento que ele sempre buscou.

Ele acabou se consagrando como o intérprete de Darth Vader, um dos vilões mais famosos da história do cinema.

Prowse voltou a representar a encarnação do lado negro da Força em "O Império Contra-Ataca" (1980) e "O Retorno de Jedi" (1983). Mas continuou ligado ao personagem anos após a trilogia original. Pode-se dizer que ele continuou sendo Vader pelo resto de sua vida, participando de convenções e até mesmo de um filme de fãs, "Saving Star Wars" (2004). Mesmo assim, segundo rumores, teria rompido com a saga em 2010, quando se desentendeu com o diretor George Lucas.

Mark Hamill, que deu vida a Luke Skywalker na primeira trilogia de Star Wars, prestou homenagens a Prowse com uma publicação no Twitter.

"É muito triste ouvir que David Prowse faleceu. Ele era um homem gentil e muito mais do que Darth Vader. Ator, marido, pai, membro da Ordem do Império Britânico, três vezes campeão britânico de levantamento de peso e ícone da segurança no trânsito com o super-herói Green Cross Code Man", listou o ator. "Ele amava seus fãs tanto quanto era amado por ele", finalizou.

Anthony Daniels, intérprete do robô C-3PO, também deixou sua mensagem no Twitter. "A figura icônica de David dominou o filme em 1977 e vem dominando desde então. E seguirá fazendo isso", escreveu.

Veja também:

Carla Perez é a rainha do Insta e podemos provar!
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade