PUBLICIDADE

5 celebridades potentes com destaque no movimento negro

O Dia da Consciência Negra se aproxima e é sempre bom lembrar nomes que amplificam a luta antirracista!

16 nov 2021 14h12
ver comentários
Publicidade
Viola Davis, Lázaro Ramos e Lupita Nyong'o estão na lista; confira outros nomes.
Viola Davis, Lázaro Ramos e Lupita Nyong'o estão na lista; confira outros nomes.
Foto: Instagram/@violadavis/@olazaroramos/@lupitanyongo / Famosos e Celebridades

O Dia da Consciência Negra se aproxima e é sempre bom relembrar alguns nomes presentes nas telinhas que também se destacam na luta antirracista, né? Muito além das interpretações, eles são responsáveis por ampliar a luta contra o preconceito. Confira:

Viola Davis 

Quem assistiu How To Get Away With Murder, disponível na Netflix, deve ter acompanhado a potência que Viola Davis representa. A atriz sempre fez questão de pautar todas as dificuldades na indústria cinematográfica sendo uma mulher negra.

Em 2015, durante a premiação do Emmy, ela discursou iconicamente sobre as batalhas do movimento. "A única coisa que separa as mulheres negras das demais, são as oportunidades. Você não ganha um Emmy pelo seu trabalho se você simplesmente não os têm", disse na época. 

via GIPHY

Lázaro Ramos e Taís Araújo

Aqui é potência em dose dupla! Lázaro é um dos mais atuantes do movimento negro no Brasil. Para além das telas, o ator colocou toda a causa estampada no livro "Na Minha Pele". A obra levou dez anos para ser escrita e traz histórias pessoais e diversas reflexões. 

Em outubro, assim como o artista, Taís Araujo foi nomeada na lista das 100 Pessoas Mais Influentes de Descendência Africana (Mipad) 2021. A iniciativa visa identificar personalidades com contribuições positivas no mundo. Incrível, né?

Ruth de Souza

Icônica e eternizada! Ruth de Souza fez história ao ser a primeira artista negra a se apresentar no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 8 de maio de 1945, com a obra O Imperador de Eugene O'Neil', em uma montagem do Teatro Experimental do Negro - projeto fundado por Abdias Nascimento e Agnaldo Camargo, com a missão de combater a discriminação racial e dar visibilidade para os talentos negros na cena artística.  

Na TV, a artista também foi uma das pioneras. Passou pela TV Tupi, Record, TV Excelsior e, em 1968 foi contratada pela Globo para interpretar a mãe de santo Tuiá, na novela Passos dos Ventos. Na sequência, deu vida a Tia Cloé, uma escrava que liderou a luta pela liberdade nos Estados Unidos durante a Guerra da Secessão. Com 50 anos na emissora, Ruth fez mais de 30 trabalhos e completaria os 100 anos no dia 12 de maio. 

Lupita Nyong'o 

Talento, talento e mais talendo! Lupita também é nome presente no ativismo negro. A atriz de produções como Pantera Negra e Nós, já marcou presença em movimentos como #MeToo, denunciando abusos, além de campanhas que visam preservar a memória negra. Vale lembrar que a artista também cede sua voz para diversas causas feministas e a diversidade racial. 

Samuel L. Jackson

Por fim, mas não menos importante, Samuel Jackson! Aos 74 anos, o ator será sempre lembrado por virar voluntário no funeral de Martin Luther King. Ainda que ele negue ter feito parte dos Black Panthers, o artista despertou para o ativismo e a luta pelos direitos civis. 

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade