PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Gêmeas idênticas se casam com irmãos gêmeos idênticos e filhas nascem com condição rara

Bebês de Venessa e Kerissa são tão parecidas geneticamente que podem ser consideradas irmãs consanguíneas

24 abr 2024 - 11h48
(atualizado às 12h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Kerissa e Venessa Sealby são irmãs gêmeas que se casaram com gêmeos idênticos, Jacob e Lucas, e tiveram filhas com uma condição rara. Elas são consideradas "gêmeas quaternárias", com uma semelhança genética de irmãs consanguíneas. Os dois casais moram no Oregon, nos Estados Unidos.
Filhas entre gêmeos idênticos nascem com condição rara
Filhas entre gêmeos idênticos nascem com condição rara
Foto: Reprodução/Instagram

Muita gente já deve ter se perguntado: e se gêmeos idênticos se casassem com outros gêmeos idênticos, o que aconteceria? Matar essa curiosidade é possível graças a um caso norte-americano que viralizou nas redes sociais. As irmãs Kerissa e Venessa Sealby se casaram com Jacob e Lucas e tiveram filhos com uma condição rara. Apesar de serem, tecnicamente, primos, a genética dos bebês é semelhante a de irmãos consanguíneos. 

Os casais contaram a história para a revista People. O primeiro romance a surgir foi entre Venessa e Lucas. Lá em 2020, a personal trainer estava trabalhando quando foi apresentada aos irmãos gêmeos. Ela logo criou uma intimidade com eles por terem assuntos em comum, já que os três trabalhavam com esportes.

Depois de muita conversa, ela acabou gostando de Lucas de um jeito diferente e engatou um namoro com o rapaz. Já Kerissa e Jacob só começaram a se relacionar um tempo depois, porque os dois eram muito introvertidos. 

Venessa contou à People que gostou de Lucas logo na primeira impressão. “Assim que vi, pensei: 'Com certeza vou me casar com esse cara. Ele é a pessoa mais bonita que já vi'", relembrou. No entanto, a preocupação dela era se a irmã pensaria a mesma coisa de Jacob, o gêmeo do rapaz.

"Fiquei um pouco nervosa por Kerissa porque pensei: 'Espero que ela comece a sentir o mesmo'", admitiu a personal trainer. "Como você pode amar alguém logo nos primeiros cinco minutos de convivência? Mas acontece", disse durante a conversa. 

Passados quatro anos desde o primeiro encontro, ambos casais são vizinhos e vivem no Oregon, nos Estados Unidos. Em todo esse tempo de relação, Kerissa garante que nunca chegou a confundir o marido com o cunhado, mesmo eles sendo idênticos. “Os meninos têm personalidades muito diferentes e, para nós, parecem muito diferentes”, explicou. 

Sobre a relação com a irmã e o cunhado, ela conta que a programação inclui, quase sempre, encontros entre os dois casais. "Nos vemos todos os dias, sempre vamos à casa um do outro. Fazemos coisas como casais também, é claro, mas na maioria das vezes fazemos coisas juntos", detalhou.

Filhos são quase 'irmãs consanguíneas'

Se a relação dos casais já é algo curioso, a genética dos filhos deles é ainda mais. Isso porque Sophie, filha de Kerissa e Jacob, e Adrian, filha de Venessa e Lucas, nasceram com uma condição rara. Apesar de serem primas, as duas bebês são consideradas gêmeas quaternárias. A quantidade de genes em comum fazem das duas quase irmãs consanguíneas.  

Venessa admite que a condição é impressionante, mas diz que gosta da relação 'inusitada'. “[É] muito louco pensar nisso, mesmo para nós, mas também achamos bem legal e único que elas sejam 'irmãs primas'”, opinou.

Ela ainda pensa em ter mais filhos e talvez até alinhar uma gestação com a irmã gêmea, Kerissa. "Estivemos pensando numa gravidez conjunta. Quem sabe?", revelou.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade