PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Xógum, Ripley e mais: veja as 10 séries mais assistidas da semana (14 de abril)

Em meio a séries já bastante populares, Ripley, Sugar e The Walking Dead: Dead City são novidades entre as séries mais vistas da semana

14 abr 2024 - 18h51
(atualizado em 15/4/2024 às 15h35)
Compartilhar
Exibir comentários

Em uma semana sem grandes novidades, as séries mais assistidas dos streamings seguem sem grandes novidades. Parte dessas figurinhas repetidas pode ser o fato de que boa parte do público estava aguardando a estreia de Fallout, mas também pesa muito o fato de que as produções que chegaram no início de 2024 são boas demais para saírem dos favoritos do espectador brasileiro.

Foto: AMC, Apple, Netflix / Canaltech

A maior prova disso é que Xógum: A Gloriosa Saga do Japão segue dominando nosso ranking semanas e sem previsão de deixar o topo, dividindo a liderança com O Problema dos Três Corpos, outra produção que caiu no gosto do público. Só que o pódio é completado com uma das estreias deste mês de abril um pouco morno: Ripley, a nova adaptação do clássico livro que conta a história de um dos maiores trambiqueiros da literatura.

Ripley é uma das estreias que fez bonito entre as séries mais vistas da semana (Imagem: Divulgação/Netflix)
Ripley é uma das estreias que fez bonito entre as séries mais vistas da semana (Imagem: Divulgação/Netflix)
Foto: Canaltech

Outra novidade que deu as caras é Sugar, produção da Apple TV+ estrelada por Colin Farrell (The Batman) e que conta com a direção de ninguém menos do que o nosso brasileiríssimo Fernando Meirelles. É claro que o fato de contar com um dedinho verde e amarelo na produção ajuda a despertar a curiosidade, mas a história de mistério regada a muita investigação policial também tem seu mérito na hora de atrair a audiência.

E esses são apenas alguns dos destaques desta semana, que ainda conta com mais X-Men '97 — para a alegria dos fãs de quadrinhos — e o perturbador Mistérios do Inexplicável, que traz casos do insólito para deixar o público brasileiro temeroso com os mistérios deste mundo.

Confira a lista de séries mais assistidas da semana com base no número de buscas feitas no JustWatch.

10. The Chosen

Embora tenha sido impulsionada pela Páscoa, no final de março, a série The Chosen segue em alta por uma simples razão: a nova adaptação bíblica é boa o suficiente para não depender apenas dos feriados religiosos para se manter em evidência. 

O seriado que conta os últimos momentos de Jesus antes da crucificação sob a perspectiva dos seus apóstolos e daqueles que estavam à sua volta nos momentos finais é um fenômeno desde que estreou. A produção contou com financiamento coletivo, o que garantiu um orçamento de superprodução.

Com isso, a série conta uma precisão histórica bem impressionante, mostrando como era a Israel do início do século I ainda sob o domínio romano, mas sem se afastar da carga religiosa que essas passagens para o público cristão. O sucesso já no crowdfunding garantiu pelo menos seis temporadas para o show que, atualmente, se encaminha para seu quarto ano.

The Chosen está disponível na Netflix e na Univer Vídeo, o streaming da Igreja Universal.

9. Arquivos do Inexplicável

Para os fãs de histórias insólitas, a Netflix trouxe uma excelente pedida neste início de abril — e que rapidamente se tornou uma das séries mais vistas do streaming. Como o próprio nome já diz, Arquivos do Inexplicável vai explorar aqueles casos bizarros com acontecimentos que ninguém consegue nem entender o que diabos aconteceu.

O seriado documental reúne diferentes histórias que vão desde desaparecimentos inexplicáveis até aqueles fenômenos que desafiam toda a lógica e as leis da natureza e que nos fazem questionar de que existe muito mais coisas aí fora do que julga nossa vã filosofia — e tudo isso apresentado de uma forma para fazer até os mais incrédulo dos céticos duvidar de suas convicções.

Arquivos do Inexplicável está disponível na Netflix.

8. Sugar

O novo drama policial da Apple TV+ estreou fazendo bonito na lista de séries mais vistas da semana. Estrelada por Colin Farrell, Sugar acompanha o detetive particular John Sugar, que trabalha investigando o desaparecimento de ricaços e outras pessoas poderosas nos Estados Unidos — e usando métodos um tanto quanto questionáveis e violentos.

Só que as coisas se complicam de verdade quando ele é contratado por um lendário cineasta de Hollywood que quer que ele encontre sua neta, uma jovem viciada que tem o costume de desaparecer de vez em quando. O problema é que, desta vez, parece que a coisa é séria de verdade e isso vai colocar o herói em meio aos segredos mais bizarros desta família.

Com episódios dirigidos pelo brasileiro Fernando Meirelles (Cidade de Deus), Sugar está disponível na Apple TV+

7. Magnatas do Crime

O diretor Guy Ritchie gostou tanto do filme Magnatas do Crime, que ele lançou em 2019, que decidiu apresentar a mesma história em formato de série e aproveitando o tempo extra para ampliar sua história e desenvolver melhor seus personagens. E a aposta deu certo, já que o seriado da Netflix segue sendo uma das produções mais assistidas da plataforma desde sua estreia.

A trama é focada em um jovem aristocrata inglês que descobre ter herdado uma propriedade rural de seu pai. Só que não se trata de nenhuma chacrinha ou coisa do tipo, mas uma enorme plantação de maconha — o que o transforma em um dos maiores produtores da droga do país. E, como não poderia deixar de ser, isso o coloca no centro da disputa por poder no submundo britânico.

Magnatas do Crime está disponível na Netflix.

6. The Walking Dead: Dead City

A série que é um misto de spin-off e continuação de The Walking Dead veio para mostrar como a série de zumbis ainda é uma das queridinhas do público. Com o filme da série regular, sua trama se desmembrou em várias outras produções e Dead City é uma delas, mostrando o que aconteceu com Maggie (Lauren Cohan) e Negan (Jeffrey Dean Morgan) depois que eles deixaram o grupo.

Desta vez, eles vão parar em uma Nova York devastada e precisam deixar suas diferenças de lado e passar a trabalhar juntos. Embora o ex-vilão tenha sido o responsável por tornar Maggie viúva, o assassino de Glenn parece estar em busca de redenção. Querendo mostrar que se tornou um exemplar pai de família, ele parte para a antiga megalópole em busca de um grupo que atacou sua esposa.

Do outro lado, Maggie quer salvar seu filho que foi sequestrado. E é a partir desses objetivos que convergem em uma só direção que eles precisam formar uma nova equipe — o que já sabemos que não vai ser tarefa fácil para ninguém.

The Walking Dead: Dead City está disponível no Prime Video.

5. X-Men '97

Ninguém jamais deve nunca duvidar da popularidade dos mutantes. X-Men '97 chegou com a promessa de dar continuidade ao desenho clássico dos personagens quase 30 anos após sua última temporada e mostrou que, apesar do enorme hiato, a força dos heróis é o suficiente para que essas três décadas não signifiquem absolutamente nada.

A nova animação mantém toda a estética noventista e mostra o que aconteceu com a equipe após a aparente morte de Charles Xavier. Com Ciclope tentando entender seu papel como líder e disputando esse papel com um Magneto querendo se redimir, o desenho traz o puro suco das histórias dos mutantes nos quadrinhos: ação, drama, reviravoltas, bagunças temporais, clones e aquela cara de novela mexicana.

X-Men '97 está disponível no Disney+.

4. Invencível

Outra adaptação de quadrinhos que vem com muita força é Invencível, desenho baseado no gibi da Image Comics criado por Robert Kirkman, o mesmo autor de The Walking Dead. Essa máquina de fazer sucessos decidiu brincar com a ideia do super-herói e traz uma história que subverte a lógica dos vigilantes de uniforme — mas sem se tornar uma caricatura, como acontece com The Boys.

Tudo isso a partir da figura de Mark, um jovem que é filho do maior herói da Terra. E é ao descobrir que ele também tem poderes que ele se depara com a pressão de seguir os passos do Omni-Man, mas tendo que lutar contra a ideia de se tornar uma pessoa tão desprezível quanto ele. Afinal de contas, o tal herói do mundo é alguém nada heróico longe dos holofotes e Mark quer ser alguém melhor para o mundo à sua volta.

Invencível acabou de fechar sua segunda temporada, que está disponível na íntegra no Prime Video.

3. Ripley

Depois do clássico da literatura ter garantido um Oscar a Matt Damon, chegou a hora de O Talentoso Ripley ganhar uma nova versão, desta vez estrelada por Andrew Scott (Sherlock), que vive o personagem-título. A diferença é que, em Ripley, a Netflix apostou em uma fotografia mais intimista e uma narrativa um pouco mais lenta para apresentar esse vigarista tão charmoso — o que cria um clima bastante cult.

A trama acompanha esse malandro que é contratado para trazer um rebelde herdeiro que fugiu de suas responsabilidades ao se mudar para a Europa. Sentindo o cheiro da oportunidade no ar, ele aceita o serviço e acaba se envolvendo em uma rede de intrigas, cobiça e até assassinato à medida que se aproveita e se aproxima de seu alvo.

Ripley está disponível na Netflix.

2. O Problema dos Três Corpos

Com uma trama recheada de referências à Física e Matemática, a O Problema dos 3 Corpos é a grande aposta da Netflix e segue em alta justamente por causa da sua história fora do comum. Com uma história que se passa em décadas diferentes, acompanhamos tanto uma jovem cientistas chinesa em plena Revolução Comunista descobrindo segredos do novo governo até um grupo de pesquisadores lidando com eventos inexplicáveis.

Adaptação do livro homônimo de Cixin Liu, a série conta com produção de D.B Weiss e David Benioff — os mesmos responsáveis pelo fenômeno Game of Thrones — e já é um sucesso inquestionável da Netflix. O problema é que, por causa de seu alto custo de produção, com cada episódio custando cerca de US$ 20 milhões, o streaming não renovou o seriado ainda.

1. Xógum: A Glorioso Saga do Japão

Ambientada em um Japão que está prestes a entrar em uma guerra civil, Xógum acompanha a saga de Jack Blackthrone (Cosmo Jarvis), um marinheiro britânico que naufraga e vai parar no país oriental. 

Ao chegar lá, ele encontra um cenário político bastante conturbado e uma guerra prestes a ser declarada — e tudo isso converge na figura do lorde Tonaga, um homem ambicioso que tem seus próprios planos para chegar ao poder e ser o grande mandatário do Japão.

Retratando um Japão feudal para além dos clichês e prezando muito pelorealismo — uma das exigências do ator Hiroyuki Sanada, o xogum do título —, a trama é uma adaptação do clássico livro do escritor James Clavell

Xógum: A Glorioso Saga do Japão está disponível no Disney+ e no Star+.

8 ótimos suspenses brasileiros para ver no streaming 8 ótimos suspenses brasileiros para ver no streaming

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade