PUBLICIDADE

Trilha sonora original do filme 'Nosso Sonho' chega às plataformas 

1 dez 2023 - 12h28
Compartilhar
Exibir comentários

Maior sucesso de bilheteria nacional nos cinemas em 2023, o filme Nosso Sonho conta a história da dupla Claudinho & Buchecha e tem sua trilha sonora original disponibilizada nas plataformas digitais nesta sexta-feira (1) pela Universal Music.

Companhia que acompanhou a carreira dos artistas desde seu primeiro disco, Claudinho e Buchecha, em 1996, a Universal Music comanda o lançamento do álbum, que reúne sete faixas originais, sendo quatro regravações de sucessos da dupla, interpretados pelos atores Juan Paiva e Lucas Penteado, uma música inédita de Buchecha (Urubu Sarado), uma nova versão para Coisa de Cinema, feita pelo DJ Zullu, e a canção-tema do longa, o rap melódico Sonhei com Ela (Só Love), que também ganhou um lyric video para o YouTube criado por Vinicius Harder.

Foto: Divulgação / The Music Journal

A faixa Sonhei com Ela traz os hits Só Love e Quero te Encontrar como músicas incidentais e apresenta uma letra inspirada em homenagem a Claudinho e Buchecha, escrita pelos protagonistas do filme em parceria com os MC's Gabriel do Borel, Wanderson Chagas, Palma e os produtores musicais do álbum, Pedro Mamede e Gabriel Salles.

A letra traz versos em alusão à vida e obra da dupla, como Antes de te conhecer eu não sabia sonhar / Antes de sonhar com ela era só pesadelo / Eu só queria te encontrar, era Coisa de cinema / Te conheci numa viela lá pelo Salgueiro.

"A música surgiu durante uma tarde no estúdio. A ideia era criar algo original que pudesse ser usado quando o filme estreasse e a música ficou excelente", conta André Izidro, da Atabaque, responsável pela estratégia de marketing e pela supervisão musical da trilha sonora ao lado do produtor do longa, Leonardo Edde. "Trabalhar com tantos talentos é muito mais fácil. O respeito, o carinho e o afeto nortearam todo o trabalho de reconstrução dessa fase linda da história do funk. Liderados pelo incrível Pedro Lima, em parceria com Pedro Mamede no Estúdio Fibra, os meninos tiveram a segurança necessária para brilhar, marcando as novas versões com suas personalidades", afirma o produtor.

Foto: Universal Music / The Music Journal

Izidro ainda destaca a participação do DJ Zullu, que remixou algumas das novas versões das músicas com destaque para Coisa de Cinema, que abre o disco.

"A trilha de "Nosso Sonho" faz a gente viajar ainda mais na emocionante história real de Claudinho e Buchecha. Se o funk tem hoje uma projeção nacional em termos artísticos e de representatividade social, uma grande parcela deste sucesso se deve aos caminhos abertos e conquistados pela dupla, que rompeu divisas geográficas e sociais e levou o funk a diferentes patamares da sociedade. "Eles eram autênticos, ícones de uma época e abriram a porteira pra gente poder ser diversificado hoje", disse Lucas Penteado.

Músicas como Fico Assim sem Você (2002), Coisa de Cinema (1999), Só Love (1998), Quero te Encontrar (1997) e Tempos Modernos, de Lulu Santos, relançada por Claudinho e Buchecha em 1996, fazem parte da trilha sonora e estão no imaginário de jovens e adultos há mais de 30 anos.

O funk inédito Urubu Sarado tem uma história à parte: "Eduardo Albergaria e Leonardo Edde buscavam uma faixa para usar em uma cena de baile funk, chegaram a encontrar uma no YouTube, mas era difícil achar a matriz. "Um dia no estúdio conversando sobre essa informação, o Buchecha começou a escrever e muito rápido saiu com os versos; Mamede logo sacou uma MPC, montou o beat e em uma hora estava pronta a música que faltava para o filme. E, claro, foi perfeita para a trilha também", lembra André Izidro.

Como a história real bem nos mostra, a vida é rara e pode ser rápida, mas as canções permanecem. E as mensagens também: "A gente viveu um sonho de verdade. Cantávamos que nossa história iria parar nos cinemas. E aconteceu. Vale a pena acreditar", afirma Buchecha.

A marcante frase do filme "Quem tem talento não tem patrão" hoje inspira os jovens atores que protagonizam o longa e milhares de MCs espalhados pelas comunidades e periferias pelo Brasil. "Sou favelado; as músicas fazem parte da minha vida, da minha família. A gente sempre cantou Claudinho e Buchecha nas festas em casa e na comunidade", contou Juan Paiva. "Eu também ouvi muito eles em São Paulo. Sou apaixonado por funk e nos bailes que eu ia com meus pais, no início dos anos dois mil, tocava muito samba rock e funk melody", lembra Lucas Penteado, que é ótimo de improviso e já participou de batalhas de rimas.

"A trilha sonora de 'Nosso Sonho' nos leva a um emocionante mergulho na trajetória da dupla Claudinho e Buchecha, que em meados dos anos 1990 trouxe o funk para um novo patamar, levando o gênero a ter projeção nacional e conquistando crianças, jovens e adultos de todas as classes e idades", disse Paulo Lima, presidente da Universal Music Brasil.

Ouça:

The Music Journal The Music Journal Brazil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade