PUBLICIDADE

O Senhor dos Anéis | Por que Gollum vai ganhar um filme?

Anúncio de novo filme focado no personagem levantou dúvidas se a história de Sméagol já não foi contada de maneira suficiente na trilogia de 2001

18 mai 2024 - 05h00
(atualizado em 19/5/2024 às 19h42)
Compartilhar
Exibir comentários

A Warner Bros confirmou a produção de um novo filme baseado na saga O Senhor dos Anéis, com produção de Peter Jackson e Philippa Boyens, responsáveis pela já clássica adaptação dirigida por Jackson em 2001. Porém, a escolha para a história do novo filme, que deve girar em torno do Gollum, fez com que vários se questionassem se não existia assuntos mais interessantes para adaptar em um retorno à Terra-média.

Foto: Warner Bros / Canaltech

Gollum sempre foi um personagem de extrema importância na saga da Guerra do Anel, que cobre os eventos da Terceira Era da Terra-média, mostrados em O Hobbit e O Senhor dos Anéis. Recentemente, o personagem até ganhou um jogo focado no período entre as histórias escritas por Tolkien, que foi considerado um dos piores lançamentos de 2023.

Gollum vai ganhar um novo filme dentro do universo de O Senhor dos Anéis. Mas por quê? (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
Gollum vai ganhar um novo filme dentro do universo de O Senhor dos Anéis. Mas por quê? (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
Foto: Canaltech

The Lord of the Rings: The Hunt for Gollum deve mostrar exatamente esse mesmo período, o que não trouxe muita segurança para os fãs, que esperavam outras histórias na Terra-média. 

Em entrevista ao site Deadline Hollywood, Jackson, Boyens e Andy Serkis (O Batman), ator que interpretou Gollum nos filmes e que será o diretor da nova adaptação, falaram os seus motivos para voltar para esse universo e começar por Sméagol.

Gollum terá sua história contada em novo filme dirigido por Andy Serkis (Imagem: Warner Bros)
Gollum terá sua história contada em novo filme dirigido por Andy Serkis (Imagem: Warner Bros)
Foto: Canaltech

Um personagem mais humano do que o esperado

Para o diretor Peter Jackson, algo que o atraiu no projeto foi o fato de Gollum sempre ter sido um personagem que o deixou fascinado. Por apresentar dois lados da moeda, com Gollum representando o pior da natureza humana, enquanto Sméagol era muito mais dócil, suas escolhas sempre pareciam mais interessantes.

Para o diretor, o fato de os fãs dos livros e dos filmes continuarem acompanhando a história do personagem por sentir que "existe um pouco desses dois lados dele dentro de todos nós". "Nós queremos explorar mais o seu passado e mergulhar em partes de sua jornada que não tivemos oportunidade de ver nos filmes anteriores. Ainda é cedo para saber quem pode cruzar o seu caminho, mas vamos seguir as obras do professor Tolkien", completou Jackson.

Gollum, o tinhosinho (Imagem: Warner Bros)
Gollum, o tinhosinho (Imagem: Warner Bros)
Foto: Canaltech

Isso significa que o filme deve trazer participações especiais de personagens que, em algum momento, encontraram Gollum, como Gandalf e Aragorn.

Sobre a escolha de Andy Serkis para a cadeira de diretor, Philippa Boyens disse que sempre viu Jackson ter muita confiança no trabalho de Serkis atrás das câmeras, o principal motivo pelo qual escolheu ele para ser diretor de segunda unidade nas filmagens de O Hobbit.

Como Jackson não queria dirigir outro filme de O Senhor dos Anéis, quando surgiu a ideia de a nova adaptação contar a história de Gollum, os dois pensaram na hora que o Serkis era a única pessoa que poderia assumir o projeto.

Vale lembrar que Serkis é o diretor de Venom: Tempo de Carnificina, Mogli: Entre Dois Mundos e prepara uma adaptação de A Revolução dos Bichos, livro de George Orwell.

A Warner Bros Discovery já confirmou que esse deve ser apenas o primeiro de uma nova leva de filmes baseados em O Senhor dos Anéis, mostrando novas histórias e personagens que apareceram nos filmes e livros de J.R.R. Tolkien, mas que não tiveram tanto destaque.

The Lord of the Rings: The Hunt for Gollum (O Senhor dos Anéis: A Caçada por Gollum, em uma tradução literal) tem previsão de estreia nos cinemas para 2026.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade