PUBLICIDADE

O dia em que Matt Damon participou de Deadpool 2 e você nem percebeu: Tudo aconteceu por causa de uma piada nojenta

Muitos fãs da Marvel não perceberam, mas o ator Matt Damon teve uma participação especial (e bem curta) em Deadpool 2 (2018).

29 fev 2024 - 20h19
Compartilhar
Exibir comentários

Matt Damon é uma das maiores estrelas de Hollywood e teve participações especiais na Marvel em Thor: Ragnarok (2017) e Thor: Amor e Trovão (2022), como um ator que interpreta Loki, mas poucos sabem que ele apareceu também em Deadpool 2 (2018).

Foto: FOX / Adoro Cinema

Muitos não perceberam já que Matt Damon tem uma pequena aparição com visual irreconhecível (pela quantidade de maquiagem) na sequência de Deadpool.

Ele aparece quando Cable (Josh Brolin) viaja ao passado pela primeira vez, bebendo e conversando na caçamba de uma caminhonete com o personagem de Alan Tudyk. Os dois caipiras acabam sendo mortos pelo vilão, mas antes disso eles tiveram uma conversa inusitada sobre os benefícios de usar lenço umedecido ao invés de papel higiênico.

Por sinal, essa conversa nojenta surgiu de uma piada que um dos roteiristas, Rhett Reese, costuma fazer com seus amigos. "Eu tenho um próprio manifesto de papel higiênico, sobre a inadequação do papel higiênico", explicou ao RadioTimes. "Eu escrevi um trecho sobre isso, e mostrei para Ryan [Reynolds]. Todos nos entreolhamos e dissemos: 'Isso precisa entrar no filme de alguma forma'. Então nós discutimos que ator de calibre nós precisaríamos para fazer tal cena…". Como sabemos, o escolhido foi Matt Damon.

Uma curiosidade interessante é que o ator foi creditado como Dickie Greenleaf, o mesmo nome do personagem de Jude Law em O Talentoso Ripley (1999), que é assassinado e tem sua identidade roubada pelo personagem de Matt Damon no filme,…

Leia o artigo em AdoroCinema

Matt Damon afirma que negou o papel de Demolidor que ficou com Ben Affleck

Thor - Love And Thunder: Papéis de Matt Damon e Melissa McCarthy são revelados

Após crítica de Scorsese, Matt Damon diz que filmes de heróis são prejudiciais para jovens

Adoro Cinema
Compartilhar
Publicidade
Publicidade