PUBLICIDADE

'Guerra Civil', com Wagner Moura, lidera bilheterias e quebra recordes nos EUA

Thriller distópico registra maior estreia do estúdio A24 em todos os tempos e maior bilheteria de uma produção para maiores em 2024

14 abr 2024 - 19h23
(atualizado em 17/4/2024 às 09h57)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/A24 / Pipoca Moderna

O thriller distópico "Guerra Civil", novo filme do aclamado diretor Alex Garland, fez uma estreia surpreendente nas bilheterias dos Estados Unidos e Canadá, arrecadando US$ 25,7 milhões. Este feito notável marca a primeira vez que um filme do estúdio independente A24 lidera as bilheterias na América do Norte, estabelecendo um novo recorde de arrecadação de estreia para a empresa cinematográfica.

Além disso, "Guerra Civil" também registrou a maior abertura de um filme para maiores (classificado como "R" nos EUA) em 2024, superando outros lançamentos de grande bilheteria.

Superando as expectativas

Antes do fim de semana de estreia, as projeções indicavam que "Guerra Civil" arrecadaria até US$ 20 milhões. No entanto, o filme superou essas estimativas para se tornar o primeiro "blockbuster" da A24. Antes dele, o terror "Hereditário" tinha a maior abertura do estúdio, ao faturar US$ 13,6 milhões em 2018, ocasião em que abriu em 4º lugar.

Para a A24, o sucesso de "Guerra Civil" assume um significado importante, pois também se trata do longa-metragem mais caro já feito pela empresa, com um orçamento de US$ 50 milhões, além de custos adicionais para marketing e distribuição. O filme representa o projeto de maior escala até o momento para o estúdio independente, que fez uma aposta arriscada. A produção é estrelada por um ator estrangeiro, o brasileiro Wagner Moura, e lida com um tema espinhoso: a polarização política dos Estados Unidos.

Tema polêmica e recepção

Na trama polêmica, 19 estados se separaram da União, formando um exército de Forças Ocidentais que avançam contra o poderio militar dos estados do Leste nos EUA. Reflexo da divisão real criada no país durante o governo de Donald Trump, o filme acompanha um grupo de jornalistas tentando cobrir o avanço de militares contra a capital do país. Alvos de tiros e bombas, os jornalistas são vividos por Wagner Moura ("Narcos"), Kirsten Dunst ("Melancolia") e Cailee Spaeny ("Priscilla"). Roteiro e direção são de Alex Garland, cineasta de ficções científicas premiadas como "Ex-Machina" e "Aniquilação".

As críticas têm sido majoritariamente positivas, levando o filme a conquistar 83% de aprovação no Rotten Tomatoes. Já o público se mostrou mais dividido, com a pesquisa do CinemaScore resultando uma nota B-, num possível reflexo das paixões políticas dos espectadores diante da mensagem da produção. Mas a A24 tem tradição de produzir filmes que desafiam, encantam e dividem os espectadores.

A estreia no Brasil está marcada para quinta (18/4), uma semana após o lançamento nos EUA. A data foi reservada com antecedência por militantes bolsonaristas para que servisse de alvo de um grande boicote contra a produção - mais por conta de Wagner Moura do que pelo conteúdo. Entretanto, após fracassar em absolutamente todos os boicotes tentados até o momento, o movimento parece ter se esvaziado.

Guerra Civil: Tudo sobre o novo filme de Wagner Moura Guerra Civil: Tudo sobre o novo filme de Wagner Moura

O resto do Top 5

"Guerra Civil" foi o único lançamento deste fim de semana nos Estados Unidos, então vários filmes que já estavam em cartaz completaram o resto do ranking de bilheteria.

O filme com Wagner Moura tirou "Godzilla e Kong: O Novo Império" do topo após duas semanas. Em 2º lugar, o longa da Warner Bros. e Legendary adicionou US$ 15,4 milhões em sua terceira semana, elevando sua arrecadação doméstica para US$ 157,9 milhões e US$ 361 milhões em bilheteria mundial.

"Ghostbusters: Apocalipse de Gelo" se manteve no 3º lugar com US$ 5,3 milhões de 3.350 cinemas. Após quatro semanas em exibição, a sequência de comédia de terror gerou US$ 96 milhões no mercado interno e US$ 160 milhões no mundo, um desempenho modesto para uma produção de US$ 100 milhões.

"Kung Fu Panda 4" subiu do 5º para o 4º lugar com US$ 5,2 milhões em seu sexto fim de semana. A animação arrecadou US$ 173 milhões no mercado interno e ultrapassou US$ 452 milhões globalmente. Com um orçamento de produção de US$ 85 milhões, "Kung Fu Panda 4" já é um grande sucesso comercial.

Para completar, "Duna: Parte Dois" voltou ao Top 5 após um fim de semana afastado, adicionando US$ 4,3 milhões em seu sétimo fim de semana em cartaz. A produção da Warner Bros. e Legendary já faturou US$ 272 milhões na América do Norte e soma US$ 683 milhões em todo o mundo, solidificando sua posição como o filme de maior bilheteria de 2024.

Trailers

Confira abaixo os trailers dos 5 filmes mais vistos nos EUA e Canadá no fim de semana.

 

1 | GUERRA CIVIL

 

2 | GODZILLA E KONG - O NOVO IMPÉRIO

 

3 | GHOSTBUSTERS: APOCALIPSE DE GELO

 

4 | KUNG FU PANDA 4

 

5 | DUNA: PARTE 2

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade