PUBLICIDADE

Atrizes de ‘Sandman’ se emocionam no palco da CCXP22

Vivienne Acheampong (Lucienne), Kirby Howell-Baptiste (Morte) e Gwendoline Christie (Lúcifer) brilharam no Palco Thunder

3 dez 2022 - 16h55
Compartilhar
Exibir comentários
Gwendoline Christie como Lúcifer em 'Sandman'
Gwendoline Christie como Lúcifer em 'Sandman'
Foto: Laurence Cendrowicz/Netflix

As rainhas de "Sandman", Vivienne Acheampong (Lucienne), Kirby Howell-Baptiste (Morte) e Gwendoline Christie (Lúcifer), subiram no Palco Thunder neste sábado (3) e chegaram a se emocionar. Gwendoline ficou impressionada com o amor dos fãs brasileiros e relembrou como conheceu Neil Gaiman, autor da HQ que originou a série de sucesso da Netflix.

“Eu conheci Neil Gaiman por um amigo meu. Ele disse que Neil escrevia sobre a vida de uma forma única e que eu jamais tinha visto. Muitos me falavam de 'Sandman', diziam que eu ia amar e eles estavam certos”, afirmou. 

Neil Gaiman, criador de 'Sandman', nos bastidores da produção
Neil Gaiman, criador de 'Sandman', nos bastidores da produção
Foto: Ekua King/Netflix

Kirby Howell-Baptiste, a Morte em "Sandman", também fez o auditório tremer. 

“É uma honra e um privilégio estar aqui! Neil Gaiman é um gênio, é sobre quem somos como pessoas, sobre nossos medos. Quando ele escreveu isso, ele tinha em torno de 27 anos, é incrível”, disse.

“É tudo muito emocionante, eu sinto que, por mais que as coisas sejam difíceis, estar aqui é uma emoção só. A gente não tem tempo para fazer tudo, conhecer tudo, então esse papel me fez repensar sobre minha vida e saber aproveitar mais”, afirmou emocionada. 

Gwendoline, que também está em "Wandinha" e acompanhou Jenna Ortega no Palco Omelete, falou sobre sua relação com sua personagem Lúcifer.

“Eu amo Lúcifer e ele criou esse personagem em uma fase muito controversa da história. Essa versão é uma energia mais romântica, que traz a questão do que é o mal no mundo atual”, disse. 

Vic View Paulista, formada em jornalismo e cinema, sempre foi apaixonada por filmes e séries. Aos poucos, começou a escrever suas primeiras críticas e percebeu que poderia transformar o universo da Cultura Pop em sua profissão.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade