PUBLICIDADE

Vibo Valentia é eleita como 'Capital Italiana do Livro' de 2021

Cidade organizará diversos projetos e ações ao longo do ano

7 mai 2021 11h17
ver comentários
Publicidade

O ministro da Cultura da Itália, Dario Franceschini, anunciou nesta sexta-feira (7) que a cidade de Vibo Valentia, na região da Calábria, foi eleita como a "Capital Italiana do Livro" de 2021.
    Na eleição, que foi decidida por uma comissão de especialistas, a cidade calabresa derrotou os municípios de Ariano Arpino, Caltanisetta, Campobasso, Cesena e Pontremoli.
    De acordo com Franceschini, Vibo Valentia venceu porque "se distinguiu pela qualidade das iniciativas apresentadas", que foram "anunciadas de forma clara, nas quais o rigor e o entusiasmo se aliaram".
    O ministro acrescentou que a cidade ganhadora tem o objetivo de "fazer com que os livros entrem na vida das pessoas de uma forma muito forte".
    "Nunca estive tão animada. Estamos fazendo um grande progresso para resgatar nossa comunidade, porque sempre fomos os últimos em todas as classificações e temos que nos orgulhar de estarmos agora no topo.
    Vibo Valentia é linda, rica e cheia de patrimônios, mas acima de tudo recheada de muita gente que lê, que escreve e que se identifica com sua cidade natal", comemorou Maria Limardo, prefeita de Vibo Valentia.
    A cidade italiana receberá um repasse de 500 mil euros (cerca de R$ 3,1 milhões) para a realização de projetos, iniciativas e outras atividades.
    A primeira edição da capital do livro da Itália aconteceu em 2020 e foi vencida por Chiari, na Lombardia, que foi duramente afetada pela pandemia do novo coronavírus. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade