PUBLICIDADE

Fiat, marca número 1 da Stellantis, cresce muito além do Brasil

Fiat mais uma vez é líder em volume entre as marcas da Stellantis e é a número 1 na Itália, no Brasil, na Turquia e na Argélia

24 fev 2024 - 12h03
Compartilhar
Exibir comentários
Fiat Topolino: mobilidade urbana sustentável
Fiat Topolino: mobilidade urbana sustentável
Foto: Stellantis / Guia do Carro

Muitos dizem que a Fiat é forte só no Brasil. Mas não é bem assim. A Fiat em 2023 aumentou suas vendas globais em 12% em relação ao ano anterior, registrando um total de 1,35 milhão de unidades comercializadas em todo o mundo e confirmando ser a primeira marca da Stellantis em termos de volume de vendas.

Sua liderança global é destacada pelos resultados significativos na Europa, América do Sul, Oriente Médio e África. A marca é a número um ainda em quatro países com participação de 21,8% no Brasil, 12,8% em Itália, 15,7% na Turquia e 78,6% na Argélia com diferentes modelos no topo, respectivamente: Fiat Strada no Brasil, Panda na Itália, além do Tipo na Turquia e na Argélia.

“Em 2023, lançamos na Europa dois novos produtos importantes: o novo Fiat 600 – que marca o regresso da marca ao segmento B – e o novo Topolino. Juntos, os modelos deixarão ainda mais robusta a nossa liderança na oferta de uma mobilidade urbana cada vez mais sustentável”, afirma Olivier François, CEO da Fiat e CMO global da Stellantis.

Fiat 600: retorno da marca ao segmento B
Fiat 600: retorno da marca ao segmento B
Foto: Stellantis/Divulgação

“Na América do Sul, a Fiat confirmou sua liderança com 14,5% de participação de mercado, juntamente com a liderança no Brasil. Na região do Oriente Médio e África (MEA), confirmamos também nosso papel fundamental na Turquia e, graças à nova fábrica na Argélia, entramos em um novo mercado importante, assumindo a sua liderança”, disse François.

América do Sul

Em 2023, a Fiat cresceu na América do Sul onde a marca é líder com uma participação de mercado de 14,5% e mais de 542 mil unidades emplacadas (45,3 mil carros a mais que em 2022), mais de 94,6 mil carros à frente do segundo colocado.

No Brasil, a Fiat garantiu a liderança nas categorias Hatches (mais de 140,2 mil unidades e 22,6% de share no segmento), picapes (172 mil carros e 42,6% de participação) e vans (26,250 unidades e 44,5% de share). Neste último segmento, o crescimento foi de 20% em relação ao ano anterior.

Considerando só os veículos leves, a Fiat é a marca número 1 do Brasil há mais de 15 anos. E, pelo terceiro ano consecutivo, a Fiat Strada foi a campeã de vendas, com 120,6 mil unidades e 5,5% de participação de mercado. No segmento de SUVs, os Fiat Pulse e Fastback tiveram 86,2 mil unidades vendidas no ano e um importante crescimento de 43% em relação a 2022.

Fiat Cronos: liderança na Argentina
Fiat Cronos: liderança na Argentina
Foto: Stellantis / Guia do Carro

Na Argentina, o Fiat Cronos lidera o mercado desde 2021, ocupando a primeira posição em B-Sedans com 71,3% de participação. É também o segundo modelo mais fabricado na história da Fiat na Argentina, com mais de 350 mil unidades produzidas, enquanto a Strada mantém a primeira posição em B-Picapes com 79,4% de participação.

Europa

Destaque da estratégia de eletrificação da Fiat, no ano passado o 500e foi o número um da Europa no segmento A+B BEV, com uma participação de mercado de 14,7%, um aumento de 0,3 pontos em comparação com 2022. O modelo também ficou em primeiro lugar na Itália, Alemanha, Espanha, Bélgica e Áustria; além de estar em segundo na França.

No mercado de carros urbanos, a Fiat registou mais de 230 mil Fiat 500 (excluindo sua versão BEV) e o Panda alcançou uma participação de 44,4%, confirmando a supremacia europeia da Fiat. Já entre os veículos comerciais, o Ducato foi o número um da Stellantis, ficando em sétimo no mercado de LCVs em geral na Europa.

Na Itália, a Fiat foi líder de mercado em automóveis de passageiros, com 175 mil unidades vendidas, o que representa 11,1% de participação de mercado no ano. O Fiat Panda Híbrido, fabricado em Pomigliano, foi o italiano mais vendido pelo 12º ano consecutivo.

Fiat Panda Easy Hybrid: inspiração para o futuro popular nacional
Fiat Panda Easy Hybrid: inspiração para o futuro popular nacional
Foto: Stellantis / Guia do Carro

Juntamente com o Fiat 500 Híbrido a marca atingiu 66,5% de share. O Fiat 500e, fabricado na planta de Mirafiori, em Turim, foi o carro urbano elétrico mais vendido na Itália. Para completar, o Fiat 500X, produzido em Melfi, cresceu 25% em relação a 2022.

A Fiat Professional (que na Europa é uma marca – diferente do Brasil) foi líder de mercado em veículos comerciais, com 51 mil emplacamentos, representando uma participação de mercado de 26,1% em 2023. Especificamente, Ducato, Doblò e Fiorino ficaram em primeiro lugar nos seus respetivos segmentos, enquanto o Scudo ficou em segundo com um crescimento de 2, 9% em relação ao ano anterior.

Além disso, o Ducato, fabricado em Atessa (Itália), foi o mais vendido no seu país de origem, com mais de 21.900 unidades emplacadas e 29,4% de market share (10% de crescimento em relação a 2022).

Em 2023, a Fiat cresceu na França com quase 60.000 unidades emplacadas (mais 7,2% que 2022), entre as quais 33 mil eram Fiat e Abarth 500, das quais 24 mil nas suas versões elétricas. Na Alemanha, o 500e é o mais vendido no segmento BEV A+B e a Fiat Professional registou um crescimento de 40% em volume e aumentou em 1,3 pontos sua participação.

O 500e também dominou na Espanha, conquistando o título de veículo urbano elétrico mais vendido no segmento A+B, enquanto o Fiat 500 foi o veículo urbano mais vendido no segmento A pelo sétimo ano consecutivo. Por último, ainda na Espanha, a Fiat Professional registrou um crescimento de vendas de 28%.

Região do Oriente Médio e África 

O desempenho na região MEA também é bastante notável, especialmente no mercado turco em que a Fiat é a primeira marca automóvel a manter uma sequência contínua de liderança de cinco anos, representando 15,7% do mercado graças ao Fiat Egea, veículo mais vendido na Turquia pelo oitavo ano consecutivo. O Fiat Fiorino também contribuiu para excelentes resultados, sendo o mais vendido no segmento de veículos leves.

Fiat Scudo: presença forte da marca nos veículos comerciais
Fiat Scudo: presença forte da marca nos veículos comerciais
Foto: Stellantis / Guia do Carro

Além disso, a Fiat definiu o caminho para o seu futuro crescimento na região, chegando à Argélia em março de 2023 com seis modelos para satisfazer às diversas necessidades de mobilidade dos clientes individuais e profissionais argelinos. Assim, a Fiat se tornou líder de mercado com uma participação de 78,6% e mais de 50 mil veículos vendidos no ano passado.

Os clientes escolheram o Fiat 500 Hybrid, Tipo e 500X como seus favoritos no segmento de veículos de passeio, enquanto Doblò, Scudo e Ducato são os utilitários mais vendidos. O final de 2023 também viu a introdução de um novo modelo: a picape Fiat Titano, que muito em breve será lançada no Brasil.

Vídeo oficial revela o design completo da picape Fiat Titano:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade