PUBLICIDADE

Discovery Sport aumenta tecnologia, mas evita transformações

SUV mantém design e motores P250 e D200; preços para sete lugares são menores que concorrentes de marcas premium

1 mar 2024 - 07h45
(atualizado às 09h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação JLR

O Discovery Sport 2024 MY está renovado, mas não é necessariamente um carro novo. Isso porque, em uma estratégia muito parecida com a do Range Rover Evoque, o SUV não tem grandes novidades para 2024. Os maiores investimentos estão na tecnologia. Design e motor seguem iguais, assim como as versões com motores P250 Flex e D200 Híbrido Leve, a diesel.

Os preços são de R$ 434.490 para a versão P250 Flex e R$ 466.490 para a D200 híbrido leve. Para quem optar pela configuração com sete lugares, são acrescidos R$ 13 mil. Isso quer dizer que, na versão a diesel, o preço será de R$ 479.490.

No caso da configuração com sete lugares, os preços são menores que modelos como Audi Q7e BMW X7. E o Discovery Sport ainda tem a opção a diesel.

As principais novidades do Discovery Sport estão dentro do SUV, que traz o mais recente sistema de infoentretenimento Pivi Pro, integrado com uma nova tela tátil de vidro curva. 

O modelo recebe uma nova alavanca de câmbio cercada por um acabamento em alumínio anodizado escuro e volante multifuncional de três raios. Há duas opções de cores internas: couro preto com costura cinza ou preto com Oyster claro.

Foto: Divulgação JLR

O sistema Pivi Pro 2 tem, na tela, barras laterais que fornecem atalhos para os principais controles e funções do veículo. O carregamento do celular pode ser feito por indução, por meio de dois carregadores USB-C, ou ainda com alimentação de 12V na segunda fileira.

O Discovery Sport recebe câmeras surround 3D e ClearSight Ground View e o Clear Sight Rear View Mirror, que fornece uma visão desobstruída atrás do veículo. O SUV conta também com luz de cortesia.

Foto: Divulgação JLR

Por fora, o Discovery Sport tem soleiras inferiores na cor da carroceria e nova grade contrastante em preto brilhante com hexágono Discovery. As rodas de liga leve têm 20 polegadas.

O motor P250 Flex tem 250 cv de potência e 364 Nm de torque. Já o D200 tem 204 cv e 430 Nm, além de receber tecnologia mild hybrid electric (MHEV), que tem um motor de arranque acionado por correia e um conjunto de baterias. Assim, a  energia perdida sob desaceleração é coletada, alimentando de volta uma bateria de 48 volts para aumentar o desempenho. 

Com tração integral, o Discovery Sport conta com Terrain Response 2, acessível pelo Pivi Pro 2 e que permite ajustar as definições do veículo de acordo com o ambiente de condução, com as opções de modo Eco, Comfort, Grass-Gravel-Snow, Mud-Ruts, Sand, Dynamic e Automático. 

Foto: Divulgação JLR

Foi com esse sistema que o Discovery Sport foi testado fora de estrada, na região de Resende (RJ). E o modelo mostrou um bom desempenho, mesmo na escolha do modo Auto, quando o próprio sistema lê as condições da estrada e configura o carro para aquele momento. O Discovery Sport não derrapou em nenhum momento e a suspensão absorveu bem as (óbvias) imperfeições do solo.

Nos trechos asfaltados o motor D200 apresentou excelentes respostas à aceleração. Mostrou-se ainda um carro econômico. O indicador do tanque não mostrou qualquer redução no nível de combustível durante o teste.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade