PUBLICIDADE

Tecnologia e Soluções

Patrocínio Logo do patrocinador

5 mitos e verdades que dizem por aí sobre a IA Generativa

Empresas e funcionários ainda têm dúvidas sobre o seu funcionamento prático

25 mai 2023 - 06h15
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Gerard Siderius / Unsplash

A Generative AI (Inteligência Artificial Generativa) chegou transformando o ano de 2023. Com mais de 100 milhões de usuários em seus dois primeiros meses de uso, a ferramenta mais popular utilizando essa tecnologia democratizou a inteligência artificial. E por ser novidade para o mercado, empresas e funcionários ainda têm dúvidas sobre o seu funcionamento. 

  • 1. A tecnologia Generative AI vai substituir minha função na empresa

Mito. O Generative AI é uma tecnologia que auxilia o trabalho dos funcionários, assim como tantas outras soluções tecnológicas, como o ERP, HCM e Cloud Computing. A diferença é a capacidade de geração de conteúdo que ela consegue fazer a partir de uma grande quantidade de dados.

“Apesar da preocupação, vejo o Generative AI como uma forma de ajudar o usuário ao gerar respostas interpretativas e que não substitui a análise humana. Está muito apoiado no conceito de Human Augmentation, ou seja, de aprimorar as nossas capacidades como seres humanos, e não substituindo. Além disso, o processo criativo ainda vai depender do humano, assim como saber fazer as perguntas certas", diz Evandro Pires, head de tecnologia na Senior Sistemas.

  • 2. Com o Generative AI, posso otimizar a relação com o cliente

Verdade. O uso de chatbots, por exemplo, já é bastante comum nas empresas, principalmente porque reduzem gastos e aprimoram o nível de satisfação do cliente.

"Podendo ser usada como suporte 24 horas por dia, durante 7 dias por semana, a tecnologia generativa, integrada a um sistema da instituição, melhora a experiência do usuário ao responder perguntas recorrentes e fornecer consultas acessíveis, promovendo a redução de chamadas e e-mails com uma experiência muito mais humanizada e sem scripts engessados", explica Evandro da Senior Sistemas.

  • 3. Generative AI pode ser integrado a um sistema ERP

Verdade. Pioneira nessa integração, a Senior atrelou a ferramenta ao sistema ERP, que dispõe de indicadores de negócios e KPIs estratégicos. Segundo Evandro Pires, a tecnologia generativa agiliza a interpretação destes dados e contextualiza todas as informações da empresa, identificando quais são as necessidades de evolução, percepções e pontos de atenção. Dessa forma, o usuário toma decisões baseadas em informações concretas fornecidas em tempo real pela inteligência artificial. 

Além disso, é possível contar com essa tecnologia para auxiliar na criação de conteúdos, como na criação de descrição de vagas ou na rede social corporativa.

  • 4. Generative AI não é capaz de gerar insights para o meu trabalho

Mito. O Head da Senior Sistemas comenta que a inteligência artificial do tipo generativa desenvolve respostas interpretativas a partir de dados, textos ou simples questionamentos. 

"Com a pergunta certa, o chatbot sugere insights, resumos de informações de larga escala e até mesmo aconselha como a resposta pode ser aplicada em uma apresentação".

  • 5. Consigo usar Generative AI em processos logísticos

Verdade. A IA proporciona melhorias no gerenciamento de estoque ao analisar dados sobre vendas, sazonalidade e histórico de estoque para prever a demanda futura, evitando a falta ou excesso de produtos em armazéns. 

"Com Generative AI integrado às soluções da Senior, como TMS e WMS, nossos clientes também podem otimizar as rotas de transporte, reduzindo o tempo de viagem, a quantidade de veículos e os custos com combustível", conclui Evandro.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade