PUBLICIDADE

Novo ASUS ROG Zephyrus terá CPUs Intel Core Ultra 9 e RTX 4090

Novo notebook gamer ASUS ROG Zephyrus M16 terá processador Intel Core Ultra 9 H185, placa de vídeo GeForce RTX 4090 e até 32 GB de memória LPDDR5X embarcada

5 dez 2023 - 16h46
(atualizado às 19h16)
Compartilhar
Exibir comentários

A ASUS já está trabalhando nos novos notebooks gamer da linha ROG Zephyrus M16, com telas de 16 polegadas. Segundo vazamento, os modelos esperados para 2024 vão utilizar os novos processadores Intel Core Ultra 9 185H, até 32 GB de memória LPDDR5X soldada, 1 TB de SSD NVMe e GPU Nvidia GeForce RTX 4090 de 16 GB GDDR6X.

Foto: Divulgação/Asus / Canaltech

A Intel irá lançar sua nova família de processadores Meteor Lake para notebooks dia 14 de dezembro e os vazamentos dos primeiros produtos com essas CPUs já estão circulando. Segundo o leaker de hardware @momomo_us (Twitter/X), os novos Zephyrus M16 ainda terão resolução QuadHD em proporção 16:10 (2560 × 1600), mas a taxa de atualização da tela não foi confirmada.

Restrições de upgrades

Para viabilizar um chip com CPU e NPU para IA integrados, a Intel está adotando o padrão SoC para a nova linha de processadores Meteor Lake. Uma das vantagens do formato é possibilitar sistemas muito poderosos, mas com projetos térmicos consideravelmente mais baixos.

Atualmente, os Intel Core i9-13980HX têm um TDP de 65W, enquanto os Core Ultra 9 185H devem trabalhar com apenas 45W. Contudo, apesar de ainda utilizar arquitetura x86, a adoção do SoC acaba implicando que alguns componentes sejam embarcados.

Novo ASUS ROG Zephyrus M16 terá processador Intel Core Ultra 9 185H com TDP de 45W e GPU dedicada RTX 4090 de 16 GB de GDDR6X. (Imagem: ASUS/Divulgação)
Novo ASUS ROG Zephyrus M16 terá processador Intel Core Ultra 9 185H com TDP de 45W e GPU dedicada RTX 4090 de 16 GB de GDDR6X. (Imagem: ASUS/Divulgação)
Foto: Canaltech

Sendo assim, a escolha do padrão de memórias RAM, por exemplo, precisa ser definida na hora da compra, sem a possibilidade de expandir posteriormente. O mesmo vale para o sistema primário de armazenamento, que também deve ser soldado, como já ocorre nos notebooks Apple com chips M1 e M2.

Por se tratarem de notebooks gamer, a expectativa é que eles tragam alguma expansibilidade de armazenamento secundário, para instalar os jogos que o Zephyrus conseguirá rodar, sem depender de SSDs externos, com velocidades bem inferiores que os NVMe.

🛒Compre notebooks gamer com o melhor preço!

🛒Compre MacBooks com CPUs M1 e M2 com o melhor preço!

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade