PUBLICIDADE

Rússia quer ter 1º segmento de sua estação na órbita da Terra em 2027

A Rússia indicou várias vezes que planeja deixar a ISS, e o primeiro segmento de sua estação espacial própria pode ser lançado nos próximos anos

27 out 2023 - 17h01
(atualizado às 19h37)
Compartilhar
Exibir comentários

O primeiro segmento da nova estação espacial da Rússia deve estar em órbita em 2027, se tudo correr conforme o planejado. É o que disse o presidente russo Vladimir Putin durante uma reunião nesta quinta-feira (26), junto de especialistas da indústria.

Foto: Roscosmos / Canaltech

A Rússia sinalizou várias vezes a intenção de abandonar a Estação Espacial Internacional (ISS) nos próximos anos. Mas, em 2022, oficiais da agência espacial russa Roscosmos afirmaram que manteriam seus cosmonautas na ISS até a finalização do complexo russo.

Isso significa que haveria astronautas da Rússia na ISS até 2028, mas, em sua nova fala, Putin afirmou que esta foi uma medida temporária. "Conforme os recursos da Estação Espacial Internacional se esgotam, precisamos não de só um segmento, mas da estação inteira em serviço", disse.

A Rússia reforçou seus planos de deixar a Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA/Roscosmos)
A Rússia reforçou seus planos de deixar a Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA/Roscosmos)
Foto: Canaltech

Segundo ele, o primeiro segmento da nova estação deve estar em órbita em 2027. Além disso, o desenvolvimento do restante deveria seguir no que descreveu como "tempo hábil", para evitar que o programa espacial russo fique atrasado no que diz respeito ao desenvolvimento dos voos espaciais tripulados.

Já Yuri Borisov, diretor da Roscosmos, recordou que a Estação Espacial Internacional deve encerrar suas operações em 2030, e por isso, a criação da nova estação orbital russa deveria começar em 2024. "O que eu quero dizer é que a ISS não vai mais estar aqui, e a estação russa não vai estar pronta", alertou.

Fonte: Reuters

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade