PUBLICIDADE

Ken Mattingly, astronauta da Apollo 16, morre aos 87 anos

Ken Mattingly, astronauta da NASA, morreu. Ele pilotou o módulo de comando da Apollo 16 e era membro da tripulação original da Apollo 13, mas foi substituído

3 nov 2023 - 15h19
(atualizado às 18h52)
Compartilhar
Exibir comentários

Ken Mattingly, astronauta da NASA que foi o piloto do módulo de comando na missão Apollo 16, morreu aos 87 anos em 31 de outubro. A informação foi divulgada pela agência espacial em um comunicado publicado nesta quinta-feira (2).

Foto: Domínio público / Canaltech

"Perdemos um dos heróis do nosso país. TK Mattingly, astronauta da NASA, foi essencial para o sucesso do nosso programa Apollo, e sua personalidade brilhante vai garantir que seja lembrado pela história", disse o administrador da NASA Bill Nelson.

Thomas K. (TK) Mattingly II foi selecionado pela NASA em 1966, e atuou nas equipes de apoio da Apollo 8, a primeira a orbitar a Lua, e da célebre Apollo 11, que realizou o primeiro pouso na superfície lunar. Depois, ele foi selecionado para a tripulação da Apollo 13, conhecida pela

"falha bem sucedida" da NASA.

Entretanto, Mattingly foi exposto ao sarampo por Charlie Duke, astronauta que viria a se tornar seu colega de tripulação na Apollo 16. Os médicos da missão ficaram preocupados com a possibilidade de Mattingly, que não era imune ao sarampo, adoecer durante a missão, e no fim ele foi substituído por Jack Swigert.

Uma nova oportunidade de viajar à Lua surgiu com a Apollo 16. Enquanto os astronautas John Young e Charlie Duke caminhavam na superfície do nosso satélite natural, Mattingly realizou experimentos científicos a bordo do módulo de comando.

Após o fim do programa Apollo, ele comandou duas missões dos ônibus espaciais. Ele decidiu se aposentar da NASA e retornar à Marinha, onde atuou por mais de um ano. Depois, ele ingressou na indústria aeroespacial.

Fonte: NASA

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade