PUBLICIDADE

Destaques da NASA: eclipse lunar, galáxias e+ nas fotos astronômicas da semana

Todo sábado, o Canaltech reúne as fotos astronômicas que a NASA escolheu destacar ao longo da semana. Aqui, você vê belas imagens dos eclipses, galáxias e mais!

4 nov 2023 - 13h01
(atualizado em 5/11/2023 às 16h55)
Compartilhar
Exibir comentários

Preparado para conferir as mais recentes fotos astronômicas destacadas pela NASA? Nesta semana, os astros do nosso compilado foram os eclipses solares e lunares, que apareceram por aqui em imagens de tirar o fôlego. Há também imagens de nebulosas coloridas, galáxis distantes e, claro, muito mais.

Foto: Giorgia Hofer/Marcelo Rivera/MaryBeth Kiczenski / Canaltech

Confira:

Sábado (28/10) — Estrela Gamma Cassiopeiae

A estrela Gamma Cassiopeiae, visível na constelação Cassiopeia, se destaca nesta imagem por seu brilho. Ela aparece acompanhada de IC 59 e IC 63, que são nuvens interestelares de gás e poeira.

Estrela Gamma Cassiopeiae e nebulosas IC 59 e IC 63 (Imagem: Reprodução/Guillaume Gruntz, Jean-François Bax)
Estrela Gamma Cassiopeiae e nebulosas IC 59 e IC 63 (Imagem: Reprodução/Guillaume Gruntz, Jean-François Bax)
Foto: Canaltech

Estas nebulosas ficam a cerca de 600 anos-luz de nós, e estão desaparecendo lentamente. O motivo é a radiação energética vinda da estrela, localizada a apenas três anos-luz delas.

Domingo (29/10) — Eclipse lunar parcial

No fim de outubro, parte da Lua mergulhou na sombra da Terra, proporcionando um eclipse lunar do tipo parcial. O fenômeno foi visível em algumas regiões do Brasil.

Diferentes detalhes do eclipse lunar parcial (Imagem: Reprodução/Orazio Mezzio)
Diferentes detalhes do eclipse lunar parcial (Imagem: Reprodução/Orazio Mezzio)
Foto: Canaltech

A foto acima mostra o eclipse de diferentes formas. No lado esquerdo, está uma imagem superexposta da Lua, que destaca as formações lunares na área escurecida pelo eclipse. Já no direito, está uma foto do nosso satélite natural com a exposição mais equilibrada, ressaltando o eclipse.

Segunda-feira (30/10) — Nebulosa Fantasma

As nebulosas são conhecidas por terem formatos curiosos e imprevisíveis e que, às vezes, lembram figuras familiares para nós. É o caso da nuvem na parte inferior da foto, conhecida pelo apelido Nebulosa Fantasma.

Nebulosa Fantasma, brilhando enquanto reflete a luz de outros objetos (Imagem: Reprodução/Bogdan Jarzyna)
Nebulosa Fantasma, brilhando enquanto reflete a luz de outros objetos (Imagem: Reprodução/Bogdan Jarzyna)
Foto: Canaltech

Este complexo de nebulosas fica a cerca de 1.200 anos-luz de nós sobre o plano da Via láctea. Elas se estendem por mais de dois anos-luz, e têm estrelas em formação.

Terça-feira (31/10) — Nebulosa do Mago

Pronto para conferir mais uma nuvem de gás e poeira? Agora, é a vez da nebulosa NGC 7380, também chamada de Nebulosa do Mago.

Nebulosa do Mago, repleta de estrelas jovens em seu interior (Imagem: Reprodução/Richard McInnis)
Nebulosa do Mago, repleta de estrelas jovens em seu interior (Imagem: Reprodução/Richard McInnis)
Foto: Canaltech

É possível que ela exista por mais alguns poucos milhões de anos. Por outro lado, as estrelas formadas a partir do gás e poeira em seu interior podem se manter por mais tempo que nosso Sol.

Quarta-feira (01/11) — Eclipse solar

Nem todos conseguiram conferir o eclipse solar que aconteceu em outubro, mas a boa notícia é que a foto abaixo mostra todas as fases do fenômeno.

Eclipse solar ocorrido em outubro (Imagem: Reprodução/MaryBeth Kiczenski)
Eclipse solar ocorrido em outubro (Imagem: Reprodução/MaryBeth Kiczenski)
Foto: Canaltech

No centro da imagem, somente as bordas do disco solar estão visíveis, enquanto o restante aparece coberto pela Lua. O brilho do nosso satélite natural foi aumentado digitalmente para facilitar a visualização de suas características enquanto cobria o Sol.

Quinta-feira (02/11) — Aglomerado de Galáxias

Este o Aglomerado da Fornalha, que tem o nome da constelação homônima. Ele fica a 62 milhões de anos-luz de nós, sendo um dos aglomerados galácticos mais próximos da Terra.

Aglomerado de galáxias da Fornalha; seus membros dominantes são as galáxias NGC 1399 e NGC 1404 (Imagem: Reprodução/Marcelo Rivera)
Aglomerado de galáxias da Fornalha; seus membros dominantes são as galáxias NGC 1399 e NGC 1404 (Imagem: Reprodução/Marcelo Rivera)
Foto: Canaltech

Cada pontinho amarelado nesta foto é uma galáxia do tipo elíptica no aglomerado. Por ali, as dominantes são NGC 1399 e NGC 1404, visíveis perto do centro da imagem.

Sexta-feira (03/11) — Júpiter e luas

Júpiter chegou à oposição em 2 novembro, parecendo maior e mais brilhante no céu e proporcionando um ótimo momento para observá-lo. Caso você não consiga ver o gigante gasoso, pode conferir sua beleza na foto abaixo.

Júpiter, alguns dos seus satélites naturais e a nossa Lua (Imagem: Reprodução/Giorgia Hofer)
Júpiter, alguns dos seus satélites naturais e a nossa Lua (Imagem: Reprodução/Giorgia Hofer)
Foto: Canaltech

Esta imagem é uma combinação de diferentes exposições, capturadas para mostrar o brilho do planeta e a beleza da Lua durante o eclipse lunar parcial recente.

Fonte: APOD

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade