Andreas Pereira revela por qual seleção tem o desejo de jogar

Andreas Pereira é o destaque do Fulham na temporada

24 fev 2024 - 11h31

Andreas Pereira tem um sonho que o consome a cada dia, e isso é sua prioridade na carreira, vestir a camisa da Seleção Brasileira. 

Foto: Lance!

A necessidade de representar um país esteve sempre presente na trajetória do meia, Brasil ou Bélgica? E, desde às categorias de base, o meia decidiu pelo Brasil, e a sua convicção segue intacta até hoje. 

Publicidade

Com números relevantes nas duas últimas temporadas, Andreas Pereira é o destaque do Fulham nas duas últimas temporadas. No final de 2023, numa ligação telefônica, veio a pergunta: aceita defender a Seleção da Bélgica? E a resposta veio com uma pitada de esperança que, com a chegada de Dorival Júnior, ele vista a camisa da Canarinho. 

- Eles me procuraram no início da temporada e perguntaram se eu estava disposto a ser convocado pela Bélgica, falaram com meu empresário também, e eu sempre deixei claro que o meu sonho é o Brasil. Meu sonho é defender a Seleção Brasileira, não mudou nada e não vai mudar. Ele disse para eu pensar bem, ver como vai ser, mas deixar um sonho de criança de lado só para jogar em uma Seleção e não me sentir bem - disse Andreas. 

- Sou brasileiro, minha família é brasileira, e jogar em uma seleção só para dizer que joguei na seleção não faz sentido nenhum - concluiu o meia. 

O convite dos belgas se explica: Andreas, que tem 28 anos, nasceu em Duffel, na Bélgica, onde foi criado. O meio-campista defendeu a seleção sub-15 do país, mas as origens do interior do Paraná falaram mais alto. E não foi poucas vezes em que Pereira fez questão de se reafirmar brasileiro. 

Publicidade

Em 2015, por exemplo, foi vice-campeão do mundial sub-20, fazendo um gol na final diante da Sérvia. Três anos depois, em 2018, foi convocado por Tite para amistosos pós-Copa da Rússia. Este chamado, veio logo depois de Roberto Martínez, então técnico belga, consultar José Mourinho e tentar fazer com que o treinador português convencesse Andreas Pereira, que saiu escondido de um treinamento do Manchester United para evitar o desconforto de dizer não para Mourinho. 

A chegada de Dorival Júnior, renovou as esperanças de ter novas oportunidades pelo Brasil. Seu ex-treinador nos tempos de Flamengo, chegou a visitar o meia em um treinamento do Fulham nesta semana, e deixou claro que o tem no radar para a próxima convocação. Os números da atual temporada justificam a expectativa. 

Andreas Pereira é o brasileiro líder na estatística de passes decisivos dentro das cinco principais ligas europeias: 62, superando Rodrygo (Real Madrid) que tem 49, Douglas Luiz (Aston Villa) responsável por 48 e Lucas Paquetá (West Ham) com 39, todos selecionáveis. O número de assistências também impressiona: seis, segundo o ranking feito pela Premier League, mas o Fulham entrou com pedido de reconhecimento de mais duas, alegando que o jogador teve passes para gols não computados, por conta de critérios distintos. 

- No Fulham, jogo mais como terceiro, me sinto importante e protagonista. Como segundo volante, eu sempre joguei. Então, são duas posições que eu me vejo apto a competir para concorrer pela Seleção. Sei que posso ajudar a equipe. Mesmo atuando um pouco mais avançado, sempre vou poder jogar de segundo homem também - destacou.

Publicidade

O sonho de defender a seleção canarinho interferiu também nas escolhas de mercado recentes do atleta. No início de janeiro, o Al Etifaq, da Arábia Saudita, comandado por Gerrard, fez uma proposta milionária para Andreas substituir Henderson, mas a resposta foi negativa. 

- Não acho que seja o momento justo de fazer um movimento para fora da Europa. Tenho o sonho de jogar pela Seleção, e a chance de ser convocado é muito maior jogando na Europa, jogando na Premier, que é uma das ligas mais difíceis do mundo - falou. 

- Mesmo não sendo uma certeza, jogo futebol desde criança pensando na Seleção. Querendo ou não, o que faz a gente feliz é lutar pelo sonho. Estou vivendo um momento em que jogo bem aqui e mantenho esse sonho vivo. Estou batalhando por isso - deixou claro o meio-campo. 

Andreas Pereira tem contrato com o Fulham até o final de 2026. Desde que chegou ao clube londrino, o meia soma 70 jogos, com seis gols marcados e 16 assistências distribuídas. A convocação do Brasil para os amistosos contra a Inglaterra, no dia 23 de março, e diante da Espanha, no dia 26 de março, acontece no próximo dia primeiro, na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro. 

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações