Coritiba define data da votação para a mudança no estatuto do clube

Conselho Deliberativo se reunirá na próxima terça-feira (28)

23 mai 2024 - 08h15

Depois de muito atraso, o Coritiba enfim terá a definição do novo estatuto do clube. O Alviverde marcou a votação entre os integrantes do Conselho Deliberativo para próxima terça-feira (28), na sede do órgão. Caso a aprovação seja confirmada, o Coxa associativo poderá agendar as suas eleições, que estavam previstas para acontecer em dezembro do ano passado.

Devido ao atraso na votação, o Coritiba está sem um presidente eleito desde 2023. Quem ocupa a função provisoriamente é o presidente do Conselho Deliberativo, Jamil Tawi Filho. Além de um novo mandatário, a aprovação do novo estatuto permitirá que a associação tenha mais poder de decisão dentro do clube e não deixe a autonomia completamente com a Treecorp, dona da SAF Alviverde.

Publicidade

A BandaB confirmou a informação da reunião divulgada inicialmente pelo jornalista Rogério Scarione. Caso o estatuto não sofra alterações, a próxima eleição do Coritiba valerá para a gestão do triênio 2024/26 (ou seja, 2024, 2025 e 2026). Em setembro do ano passado, o clube definiu que a prioridade era definir o novo estatuto antes de marcar as eleições, justificando que a adaptação era necessária para a consolidação da SAF.

O estatuto do Coritiba

Em nota publicada em setembro de 2023, o Coritiba descreveu algumas alterações no estatuto. "Dentre as principais matérias/regras a serem alteradas, destacam-se as seguintes, mas não se limitando a: ampliação do objeto socialadequação da utilização do estádio Couto Pereira, centros de treinamento e propriedade intelectualalteração dos conceitos envolvendo receitas e despesas do Coritiba; adequações nos órgãos de gestão e fiscalização do clube em face da dinâmica com a SAF; eventual alteração da dinâmica com os associados, dentre outros temas", diz o texto.

Assim, todos os pontos acima são fundamentais no acordo entre o Coritiba e a Treecorp. As questões envolvendo Couto Pereira, CTs e propriedade intelectual são as mais profundas, uma vez que estão diretamente ligadas ao plano de investimento da SAF na próxima década. Em abril, o Conselho Consultivo formalizou a proposta de mudanças para viabilizar a votação.

O estádio Couto Pereira.
O estádio Couto Pereira.
Foto: Divulgação/Coritiba / Banda B
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações