URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

"Fiquei amigo dele por medo": Wagner Moura e Lázaro Ramos têm histórias BEM diferentes sobre o começo da amizade deles

Guerra Civil, o mais novo longa-metragem do diretor Alex Garland (Ex Machina), protagonizado por Wagner Moura, já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

19 abr 2024 - 19h28

Guerra Civil finalmente chegou aos cinemas brasileiros, e contou com uma divulgação pra lá de especial no país. Os protagonistas desta trama dirigida por Alex Garland (Ex Machina), Cailee Spaeny (Priscilla) e Wagner Moura estiveram no país para uma série de entrevistas e pré-estreias.

Foto: Reprodução/Instagram / Adoro Cinema

Moura, que mora nos Estados Unidos há 7 anos, marcou presença no podcast Podpah, e entre muitas histórias, contou um pouco do começo de sua amizade com o também ator Lázaro Ramos. Mas, o que chamou a atenção mesmo, foi a discrepância entre as narrativas, dado que Lázaro já havia contado essa mesma história anteriormente, no podcast.

Publicidade
Wagner Moura e Lázaro Ramos em Ó Paí, Ó (2007).
Foto: Adoro Cinema

Os dois se conheceram durante uma peça de teatro do Bando de Teatro Olodum. Para Wagner, a conexão com Lázaro foi algo "espiritual": "Eu não conseguia parar de olhar para ele assim... um negócio que eu só olhava para ele, não tem explicação, acho que é espiritual. Tinha uma luz, algo assim. Acabou a peça, eu saí andando pelo teatro, até o camarim, achar esse cara que eu nunca tinha visto, olhei para ele e disse assim: 'eu quero ser seu amigo'. Aí ele falou assim para mim: 'então vamos ser amigos'", conta o ator ao Podpah.

No entanto, para Lázaro Ramos, a aproximação foi um pouco menos "espiritual" do que o amigo sugere: "Ele era um cara esqui…

Leia o artigo em AdoroCinema

"Violência brutal": Para o diretor Alex Garland, Guerra Civil é, na verdade, um filme "totalmente antiguerra"

Publicidade

Guerra Civil será o último filme de Alex Garland? Cineasta declarou que está "desistindo" do cinema

Guerra Civil é apresentado como candidato a filme do ano. O mais recente trabalho de direção de Alex Garland é uma excelente ficção de guerra

Marido de Kirsten Dunst foi escalado de última hora para Guerra Civil, e por indicação dela: "Foi uma sorte"

Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se