URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Canto dos pássaros durante o sono ajuda a decifrar seus sonhos

Após analisar o comportamento do pássaro bem-te-vi, cientistas descobriram que a ave emite um canto silencioso enquanto dorme; é possível interpretar os "sons"

19 abr 2024 - 18h12
(atualizado em 20/4/2024 às 14h36)

A capacidade de sonhar não parece ser uma exclusividade dos humanos no reino animal, segundo pesquisadores da Universidade de Buenos Aires. Há mais de 20 anos, eles estudam o cérebro dos pássaros e perceberam que determinadas áreas associadas ao canto funcionam durante o dia e durante o sono. Agora, afirmam ter descoberto uma forma de interpretar os sonhos desses animais, através do canto silencioso emitido à noite.

Foto: Beto/Pixabay / Canaltech

"Os sonhos são uma das partes mais íntimas e subjetivas da nossa existência", afirma Gabriel Mindlin, um dos autores da nova pesquisa, em nota. "Saber que compartilhamos [essa capacidade de sonhar] com uma espécie tão distante é muito comovente", pontua.

Publicidade

Desde que identificaram a habilidade de sonhar, surgiu a ideia de tentar interpretar os sonhos, como fazem hoje. "A possibilidade de entrar na mente de um pássaro sonhador — ouvindo como esse sonho soa — é uma tentação impossível de resistir", revela Mindlin.

Sonhos do pássaro bem-te-vi

Analisando os pássaros da popular espécie bem-te-vi (Pitangus sulphuratus), comum na América Central e do Sul, os cientistas argentinos perceberam que os músculos e as regiões cerebrais associados ao canto diurno funcionam à noite. É como se emitissem um canto silencioso, imperceptível aos ouvidos humanos.

Após descobrir que os pássaros cantam enquanto dormem, cientistas desenvolvem formas de interpretar os sonhos (Imagem: Beto/Pixabay)
Foto: Canaltech

Publicado na revista científica Chaos, o novo estudo tornou possível reconstruir artificialmente a música que os pássaros cantam durante o sono, a partir da tradução de informações musculares em canto. 

Isso foi possível com o uso de eletrodos de eletromiografia (EMG), medindo os movimentos musculares. E também com um modelo que traça paralelos em relação à musculatura vocal durante o dia e os sons emitidos.

Publicidade

Interpretando a canção das aves

Entre as análises, os pesquisadores identificaram que, ao defender o seu território, o pássaro bem-te-vi produz um padrão de vocalização distinto, ativando a musculatura de forma específica. Nesse momento, ele também levanta a crista de penas na cabeça.

Após escutar o canto emitido durante o sono, os cientistas identificaram o mesmo padrão, como se ele sonhasse que estivesse em uma disputa por territórios. "Senti uma grande empatia ao imaginar aquele pássaro solitário recriando uma disputa territorial em seu sonho", comenta Mindlin.

A seguir, veja como é o canto do bem-te-vi durante o sono:

Fonte: Chaos e AIP Publishing

Trending no Canaltech:

É fã de ciência e tecnologia? Acompanhe as notícias do Byte!
Ativar notificações