Patrocínio

5 motivos para comprar notebooks com selo Intel Evo

Confira as principais razões para considerar um notebook com selo Intel Evo na hora de escolher seu próximo PC de trabalho, uso geral ou até mesmo jogos

4 mar 2024 - 22h31
(atualizado em 5/3/2024 às 14h10)

Escolher um notebook pode ser uma tarefa relativamente complexa atualmente, com a variedade de modelos disponíveis com as configurações mais diversas. Por essa razão a Intel lançou o selo Intel Evo, que define padrões mínimos que um modelo precisa atender para receber a certificação e entregar uma experiência de qualidade.

Foto: Jones Oliveira/Canaltech / Canaltech

No entanto, receber o selo Evo não é sinônimo de notebook mais poderoso do mercado para rodar jogos em 4K. Na verdade, ele traz configurações equilibradas e bem dimensionadas para a maioria dos usuários, facilitando a vida principalmente de quem precisa de um notebook para trabalho. Pensando nisso, o Canaltech listou 5 motivos para comprar um notebook com selo Intel Evo.

Publicidade

5. Garantia de 11⁠ª geração ou superior

Um dos principais itens da lista de requisitos para receber o selo Intel Evo é a especificação técnica do processador, e isso inclui sua geração. A certificação foi criada em 2020, simultânea ao lançamento dos CPUs Tiger Lake, fazendo com que apenas notebooks com processadores i5, i7 ou i9 de 11⁠ª geração sejam elegíveis.

Além disso, outro requisito em termos de chip é que a APU precisa trazer, pelo menos, gráficos integrados Intel Iris Xe. Com isso, notebooks com processadores mais antigos e iGPUs Intel HD, obsoletas, sequer sejam considerados, garantindo um desempenho de processamento e qualidade gráfica suficiente para entregar boa produtividade com o mínimo possível de gargalos para um PC de trabalho.

A chegada dos Intel Core Ultra elevou ainda mais os requisitos mínimos de hardware para obter a certificação. Notebooks com a quarta geração do selo Intel Evo precisam ter as novas APUs Meteor Lake com Unidades de Processamento Neural (NPUs) de capacidade para IA, e gráficos integrados Intel Arc, fazendo deles, inclusive, substitutos em potencial para notebooks gamer de entrada.

4. Máxima portabilidade

Como parte da intenção por trás da certificação é garantir uma experiência superior, outro requisito importante dos notebooks Intel Evo é a portabilidade. Modelos com o selo de qualidade precisam pesar até 1,5 kg e trazer opções de chassi ultrafinos.

Publicidade

Desde que mantendo as restrições de peso e formato, também é possível ter notebooks Intel Evo com telas dobráveis ou chassis 2 em 1, que podem ser utilizados como tablet. Vale ressaltar, no entanto, que trazer essas funcionalidades é um item opcional, então é preciso ficar atento na hora de escolher.

Nem todo notebook 2 em 1 será um Intel Evo, mas todo Intel Evo 2 em 1 irá atender a todos demais requisitos de qualidade estabelecidos pela Intel. 

3. Autonomia de bateria

Naturalmente, como o foco do projeto é entregar qualidade, produtividade, e portabilidade, isto precisa ser feito sem comprometer o tempo de uso. Em condições normais de uso, apenas trabalhando, navegando na internet ou consumindo conteúdos em streaming, a autonomia dos notebooks Intel Evo precisa ser de, pelo menos, 9 horas e meia em resolução Full HD (1080p) e configurações padrão de luminosidade.

No caso específico dos novos Intel Core Ultra, apesar de eles conseguirem rodar jogos em Full HD com boa qualidade gráfica, a autonomia cai bastante nesse cenário. Em um teste preliminar durante o lançamento dos processadores Meteor Lake, o Canaltech teve a oportunidade de verificar a duração de bateria em jogos e a projeção caía para cerca de 3 horas e meia.

Ainda assim, o valor supera com uma folga considerável a duração média da bateria em uso cotidiano de notebooks gamer sem o selo Intel Evo, e chega a ser o dobro da autônima desses modelos em jogos.

Publicidade

2. Boa conectividade

Com foco em produtividade, além de serem notebooks projetados para serem utilizados viajando, eles também precisam ter a opção de operar como estações de trabalho mais completas. As opções de conectividade precisam incluir pelo menos uma porta Thunderbolt 4 padrão USB-C, compatível com hubs para conectar acessórios, como mouse, teclado, telas adicionais e SSDs externos para instalar jogos ou editar arquivos de vídeo muito pesados.

As exigências técnicas também abrangem a conectividade sem fio, exigindo pelo menos o padrão Wi-Fi 6E. Alguns notebooks específicos ainda podem trazer suporte a chips 4G e 5G para mobilidade ainda maior, e Wi-Fi 7 em modelos selecionados com chips Intel Core Ultra.

1. Recursos de segurança e qualidade de vida

Com uma série de requisitos para favorecer a portabilidade, algumas medidas de segurança e qualidade de vida também precisam ser implementadas. Por essa razão, todos os notebooks da linha Evo precisam ter tecnologias de desbloqueio por biometria, trackpad de alta sensibilidade e precisão, teclado retroiluminado, som de alta fidelidade e suporte a sincronização nativa com dispositivos Android e iOS por meio do software integrado Intel Unison.

Outro ponto importante é oferecer pelo menos 4 horas de autonomia com cargas rápidas de 30 minutos, para reduzir ao máximo a dependência de fontes externas de alimentação. Apesar de ainda haver algumas variações entre gerações e itens opcionais, buscar por um modelo com selo Intel Evo é uma forma prática de identificar um bom notebook para trabalho e uso geral, sem precisar entender profundamente sobre detalhes mais técnicos do hardware.

Publicidade

Trending no Canaltech:

Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se