PUBLICIDADE

O que é nutricídio e como você pode estar sendo uma vítima

A alimentação é um tema amplo e complexo, mas tentaremos ser breves para falar deste tema tão importante que é o nutricídio.

26 jul 2023 - 16h15
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: CanvaPro

Temas relacionados à alimentação humana, a cada dia ganha mais evidência, tanto pelo seu impacto no mundo e na vida dos animais quanto na saúde da população. Dentre os muitos temas, o nutricídio está entre os principais. Contudo, tal assunto é muito pouco explorado pela mídia tradicional.

O termo foi cunhado na década de 90 pelo médico Dr. Llaila O Afrika. O nutricídio é um termo que se refere a má alimentação e o impacto na saúde da população pobre, preta e periférica. O médico é autor do livro "Nutricide: The Nutritional Destruction of the Black Race", que se tornou uma referência em saúde e nutrição.

De acordo com Layla, a cultura alimentar e dieta nutritiva dos povos africanos e afro-americanos foram afetadas pela colonização. Os europeus deslocaram a cultura alimentar desses povos, que era baseada em vegetais frescos e preparos caseiros, homogeneizando o consumo de alimentos que geram diversos problemas de saúde, como açúcar, farinha branca e sal.

Atualmente, as populações em países com alto consumo de produtos ultraprocessados, com alto teor de açúcar, farinha branca, sal, gorduras e químicos alimentícios, estão sofrendo diversas consequências por conta do que estão ingerindo diariamente. Uma alimentação baseada em produtos industrializados e com pouca presença de vegetais in natura, ao longo prazo, tende a ser completamente prejudicial à saúde humana.

As populações pobres de diversos países, por conta da realidade socioeconômica, são expostas a "pântanos e desertos alimentares", não têm acesso e nem condições financeiras de ter uma alimentação de qualidade. Além de considerar questões políticas e econômicas na alimentação da população, é necessário apontar a influência da indústria alimentícia nos padrões alimentares. 

A falta de boas informações e o estímulo publicitário estão diretamente relacionados com a alta no consumo de produtos pobres em nutrientes, fibras e vitaminas. Atualmente, especialmente na população negra e periférica, é notável o alto consumo de ultraprocessados e alimentos de origem animal classificados como possivelmente cancerígenos ou cancerígenos, os quais são responsáveis por diversos problemas cardiovasculares.

O nome ‘nutricídio’ é auto-explicativo, ou seja, é uma forma de matar a população pobre e preta através da alimentação. E se considerarmos que a indústria, mesmo sabendo dos malefícios, continua estimulando diariamente o consumo desses produtos, e não buscam alternativas para diminuir o impacto causado na saúde da população, isso é, sem dúvidas, um nutricídio premeditado.

Vegano Periférico Leonardo e Eduardo dos Santos são irmãos gêmeos, nascidos e criados na periferia de Campinas, interior de São Paulo. São midiativistas da Vegano Periférico, um movimento e coletivo que começou como uma conta do Instagram em outubro de 2017. Atuam pelos direitos humanos e direitos animais por meio da luta inclusiva e acessível, e nos seus canais de comunicação abordam temas como autonomia alimentar, reforma agrária, justiça social e meio ambiente.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade