PUBLICIDADE

3 pratos veganos baratos e acessíveis para o dia a dia

Precisamos quebrar o tabu que comida vegana é cara, inacessível e demorada para ser preparada, isso é um grande mito.

26 jan 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Prato vegano
Prato vegano
Foto: Vegano Periférico

A alimentação vegana, com muitos vegetais e sem nada de origem animal, pode ser muito simples, nutritiva, saborosa e muito acessível. Esse mito de que comida vegana é cara é o que impede muita gente de abandonar o consumo de animais e derivados.

No dia a dia da maior parte da população, a alimentação é básica, não tem nada muito elaborado ou caro. Isso se estende às pessoas que se tornam veganas, na correria do dia a dia não tem como preparar coisas muito elaboradas, ou até mesmo ter dinheiro sobrando para comprar produtos caros.

Para quem estuda e trabalha, como a gente, não dá para passar muito tempo na cozinha, é preciso focar no mais simples possível e tentar fazer uma refeição minimamente balanceada. Essa ideia de que comida vegana necessariamente é mais demorada, leva muito tempo para ser preparada é outro mito. Não necessariamente precisa levar muito tempo. Claro que assim como a alimentação onívora tem pratos elaborados e sofisticados, na alimentação vegana também, mas no cotidiano vai no mais simples possível.

Vamos disponibilizar três pratos que costumamos comer no dia a dia. Não há necessidade de se alimentar de produtos de origem animal para ter uma alimentação adequada, muito pelo contrário.

Prato 1.

Arroz, feijão, couve refogada, cenoura ralada, beterraba ralada e salada de alface com tomate e pepino e batata doce grelhada na frigideira.

Se tiver tempo para fazer, o esquema é fazer um suco de laranja para acompanhar essa refeição.

Esse primeiro prato é a composição principal do nosso rango. São alimentos acessíveis, muito nutritivos e que não é trabalhoso, pois podemos deixar tudo pronto na geladeira e só montar o prato. O arroz e feijão costumamos comer por três dias.

Prato 2.

Arroz cremoso com legumes de geladeira (feito com arroz branco).

Naqueles dias que o tempo é curto e não tem muita opção para comer, esse arroz salva. 

Para preparar é simples.

Refogue 1 cebola inteira com 4 dentes de alho, pique ou rale os legumes que tiver na sua geladeira (geralmente utilizamos abobrinha, cenoura e tomate), refogue, e na sequência coloque o arroz, misture bem e cubra com 2 xícaras de água o arroz (utilizamos 1 xícara de arroz). Deixe cozinhar, quando estiver cozido acrescente o leite de amendoim, o sal a gosto mistura e está pronto.

Um suco natural de abacaxi com hortelã (se o abacaxi estiver barato) combina demais com esse prato.

Prato 3.

Arroz, feijão, hambúrguer de lentilha, salada de rúcula e vinagrete (tomate bem picado, cebola, salsinha e cebolinha)

Uma limonada para acompanhar esse prato é ótimo (esprema dois limões no copo com açúcar e gelo).

Ter hambúrguer congelado é a melhor coisa para o dia a dia de um vegano da classe trabalhadora. Esse hambúrguer de lentilha é muito fácil de fazer, pode ser feito em grande quantidade e armazenado no congelador por bastante tempo. Para preparar é só colocar na frigideira com fio de óleo e ir virando até dourar dos dois lados.

Pega a visão:

Aqui são pratos comuns e nutritivos, com preparos fáceis e acessíveis e que não levam ingredientes de origem animal. 

Tratar o movimento vegano como uma causa de produtinhos ou estilos de vida cara e inacessível faz parte do passado. Num país como o Brasil, só com uma alimentação saudável, acessível e que respeite a cultura local é possível falar em qualquer transição.

Vegano Periférico Leonardo e Eduardo dos Santos são irmãos gêmeos, nascidos e criados na periferia de Campinas, interior de São Paulo. São midiativistas da Vegano Periférico, um movimento e coletivo que começou como uma conta do Instagram em outubro de 2017. Atuam pelos direitos humanos e direitos animais por meio da luta inclusiva e acessível, e nos seus canais de comunicação abordam temas como autonomia alimentar, reforma agrária, justiça social e meio ambiente.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade