PUBLICIDADE

Percevejos: cuidados durante a viagem e o que fazer se for picado

Infestação de percevejos na França reacende preocupação entre viajantes. Veja como identificar os bed bugs, que causam lesões na pele e muita coceira

13 out 2023 - 15h43
(atualizado às 16h16)
Compartilhar
Exibir comentários

No começo de outubro, Paris amanheceu com pilhas e mais pilhas de colchões nas ruas, esperando para serem incinerados. O motivo? Uma infestação de percevejos, também conhecidos como bed bugs , que se espalhou pela França

Os percevejos, também chamados de bed bugs, costumam se esconder na costura dos colchões
Os percevejos, também chamados de bed bugs, costumam se esconder na costura dos colchões
Foto: Dzurag/Getty Images / Viagem e Turismo

Vídeos dos insetos em assentos do transporte público, cinemas, hotéis e até mesmo no Aeroporto Charles de Gaulle viralizaram nas redes sociais. O problema preocupou as autoridades, já que a cidade sediará as Olimpíadas em 2024. Outras cidades francesas, como Lyon e Marselha, também foram afetadas pelo surto. 

A infestação começou no fim de setembro. O principal motivo associado à praga foi o aumento no número de turistas na cidade após a pandemia. O fim do verão já é uma época em que a cidade costuma registrar maior número de ocorrências relacionadas ao percevejo. A Fashion Week de Paris , que aconteceu entre os dias 25 de setembro e 3 de outubro, também foi listada como uma das possíveis causas para o surto. 

View this post on Instagram

A post shared by SCREENSHOT (@screenshothq)

O que são os percevejos?

Os percevejos são um grande problema para cidades turísticas porque sua disseminação é rápida: eles são transportados por meio de roupas e malas. Não à toa, um dos locais com  foco de contágio são os hotéis, principalmente os colchões e as roupas de cama. 

De cor castanha e formato achatado, eles possuem em média de quatro a sete milímetros, de forma que é possível enxergá-los a olho nu. Os bed bugs gostam de lugares escuros e, por isso, podem se esconder embaixo de colchões e assentos estofados. 

Os insetos se alimentam de sangue humano, causando pequenas lesões na pele, que podem coçar muito e medir em torno de um centímetro. Mas não é preciso entrar em pânico: eles não transmitem nenhum tipo de doença. 

É importante lembrar que a sua aparição não é causada exclusivamente por falta de higiene: a limpeza do ambiente ajuda a afastá-los, mas não garante uma estadia livre de bed bugs.

Embora a infestação mais recente esteja ocorrendo em Paris , os percevejos podem aparecer em destinos pelo mundo todo. Veja algumas medidas que podem ser tomadas para evitá-los e o que fazer em caso de contaminação:

1. Pesquise muito bem sobre o hotel 

O primeiro passo começa muito antes de arrumar suas malas. Ao planejar sua viagem, é preciso se informar sobre as condições de higiene e de manutenção da sua hospedagem. Uma dica é ficar de olho nas avaliações de outros hóspedes em plataformas como Booking e TripAdvisor, que costumam apontar situações como essa. Fique atento até se o hotel for cinco-estrelas: mesmo com muita precaução e higiene por parte da hospedagem, os percevejos ainda podem aparecer. 

2. Ao chegar no hotel, cheque camas, lençóis e estofados 

Além da presença dos insetos, alguns sinais de que eles estão por ali são pequenos pontinhos pretos e manchas de sangue. Olhe embaixo do colchão e atrás da cabeceira, levante os lençóis e cheque os cantinhos do colchão bem na parte das costuras e reentrâncias. Faça tudo isso assim que chegar, e principalmente antes de desfazer suas malas. Outra dica é evitar apoiar a sua mala sobre a cama, já que os bed bugs podem entrar na bagagem e se esconder no meio de suas roupas. Uma dica é deixar a mala no chão do banheiro enquanto fizer a inspeção.

3. Cuidado ao sentar em assentos no transporte público, cinemas e teatros 

Um dos locais preferidos dos percevejos são os assentos estofados, que são muito comuns em Paris . Por isso, ao sentar-se, é importante fazer uma pequena vistoria para se certificar de que não há insetos escondidos por ali. 

4. Se encontrar percevejos, lave suas roupas em alta temperatura 

Os percevejos não resistem a altas temperaturas e essa é a principal forma de exterminá-los. Por isso, caso encontre algum percevejo ou tenha sido picado por um, leve todas as suas roupas para uma lavanderia, já que a temperatura da secadora mata os insetos. O ideal é fazer isso assim que possível, para evitar a proliferação. 

5. Se for picado, evite coçar 

As mordidas de percevejos podem causar vermelhidão, inchaço e coceira. Além disso, os insetos não costumam picar de forma isolada, mas vão deixando várias pequenas lesões pelo corpo, que podem aparecer alinhadas ou em pequenos grupos. Se identificar picadas, o primeiro passo é atuar contra a proliferação dos percevejos (veja item acima) e evitar coçar. As lesões costumam desaparecer em poucos dias. A colunista Adriana Setti passou por isso em um hotel na Indonésia anos atrás.

Viagem e Turismo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade