PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

As sete cachoeiras mais altas do Brasil

Do Amazonas ao Rio Grande do Sul, quedas d'água gigantescas que fazem do país um prato cheio para o ecoturismo

20 abr 2024 - 18h10
Compartilhar
Exibir comentários

O ecoturismo vem crescendo cada vez mais no Brasil e as cachoeiras estão entre os cenários favoritos de quem gosta de fazer esse tipo de viagem. Bom que o país tem opções de cachoeiras para todos os gostos - pequenas, grandes, com ou sem poços para banho. Na lista a seguir estão as sete maiores cachoeiras do Brasil em termos de altura, sendo que cinco delas podem ser visitadas:

Em Minas Gerais, a Cachoeira do Tabuleiro é tida como uma das mais bonitas do Brasil por causa do formato de coração do paredão rochoso
Em Minas Gerais, a Cachoeira do Tabuleiro é tida como uma das mais bonitas do Brasil por causa do formato de coração do paredão rochoso
Foto: Zegarciajr/Wikimedia Commons / Viagem e Turismo

1 - Cachoeira da Neblina (450m), Rio de Janeiro

A maior cachoeira em altura do Brasil é a Cachoeira da Neblina, uma gigante de 450 metros que fica dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos no estado do Rio de Janeiro. Como a sua queda d'água é fortíssima e ela está localizada em uma área perigosa, os banhos e as visitas são terminantemente proibidos.

Veja um roteiro de carro pelas montanhas da Serra dos Órgãos

2 - Cachoeira do El Dorado (353m), Amazonas

A segunda maior cachoeira do país fica no Amazonas. Com 353 metros de altura, a  Cachoeira do El Dorado tem um acesso bastante difícil. Saindo de Manaus, é preciso encarar 30 horas (!) de barco até o município de Barcelos. E não pense que acabou: El Dorado fica em um local bastante isolado a cerca de 211 km da sede do município. As expedições para conhecê-la são trabalhosas e passam por trilhas muito extensas, o que acaba tornando-as mais caras. É permitido chegar até o topo da cachoeira, o que envolve cerca de 10 km de trilha. Para alcançar de fato a queda d'água, é mais uma hora de caminhada.

A apenas duas horas de Manaus, Presidente Figueiredo tem mais de 140 cachoeiras

3 -  Cachoeira da Fumaça (340m), Bahia

Importante destino de ecoturismo, a Chapada Diamantina na Bahia guarda a Cachoeira da Fumaça. A trilha de acesso que leva à cachoeira de 340 metros de altura tem cerca de 12 km e leva cerca de cinco horas entre ida e volta. A recompensa é a vista linda em seu pico. O banho ali não é permitido, mas existem outras cachoeiras bem próximas que podem refrescar os trilheiros.

Leia o relato do trekking no Vale do Pati, na Chapada Diamantina

Cachoeira da Fumaça é uma das principais atrações da Chapada Diamantina
Cachoeira da Fumaça é uma das principais atrações da Chapada Diamantina
Foto: Vic Paes/Wikimedia Commons / Viagem e Turismo

4 - Cachoeira da Boa Vista (310m), Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Bem na divisa entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, a Cachoeira da Boa Vista é a quarta maior queda d'água do país, com 310 metros de altura. Está localizada em um grande cânion chamado Monte Negro, onde é possível chegar de carro. A queda, apesar de alta, tem pouco volume de água.

5 - Cachoeira Véu da Noiva (289m), Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul  guarda outra gigante, a Cachoeira da Véu da Noiva, com 289 metros de altura. Ela fica dentro do Parque Nacional dos Aparados da Serra, no Cânion do Itaimbezinho, e pode ser admirada durante a Trilha do Vértice: a caminhada de apenas 1,5km é fácil, bem sinalizada e pavimentada em vários trechos. Não é possível acessar o topo ou o poço da cachoeira - apreciar a sua enorme queda já é um espetáculo.

Veja como é se hospedar no Parador em Cambará do Sul, base para conhecer o Parque Nacional dos Aparados da Serra

A Cachoeira Véu da Noiva despenca dentro do Cânion do Itaimbezinho
A Cachoeira Véu da Noiva despenca dentro do Cânion do Itaimbezinho
Foto: Germano Roberto Schüür/Wikimedia Commons / Viagem e Turismo

6 -  Cachoeira da Bel (280m), Bahia

A Bahia volta a aparecer no ranking com a Cachoeira da Bel, de 280 metros de altura. Essa fica na colônia Monte Alegre, em Guaratinga, dentro do Parque Nacional do Alto Cariri. A trilha que leva a ela é de nível fácil, com 1,8 km de extensão. A cachoeira também é bastante procurada para a prática de rapel.

7 - Cachoeira do Tabuleiro (273m), Minas Gerais

A representante de Minas Gerais da lista é uma das maiores e mais belas do país. Com 273 metros de altura, está localizada na Serra do Espinhaço, a 19 km do município de Conceição do Mato Dentro. Uma das suas particularidades é a parede rochosa em formato de coração, que chama atenção de longe. Há diferentes trilhas que permitem o acesso ao topo e à base da cachoeira.

Roteiro de dez dias pelo norte e centro de Minas Gerais

Através de uma trilha, é possível alcançar o topo da Cachoeira do Tabuleiro
Através de uma trilha, é possível alcançar o topo da Cachoeira do Tabuleiro
Foto: Rafael dos Reis Pereira/Ministério do Turismo//Reprodução / Viagem e Turismo
Viagem e Turismo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade