PUBLICIDADE

Uma semana de uso de vape equivale a 2 maços de cigarro por dia, alertam médicos

Pneumologista chamou a atenção nas redes sociais e fez alerta sobre o uso de cigarros eletrônicos

10 jun 2024 - 15h32
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O uso de vape continua popular, especialmente entre os jovens, mas há alertas sobre um análise recente sobre nicotina nesses cigarros. Um Pod com 5ml de 50ml/mg tem 250mg de nicotina, equivalente a 12 maços, que quem fumar representa quase dois maços por dia. Os perigos são altos e podem levar a doenças cardiovasculares, além do risco de dependência e desenvolvimento cerebral prejudicado.
Um vape de 5ml equivale a 12 maços de cigarro
Um vape de 5ml equivale a 12 maços de cigarro
Foto: iStock

Mesmo proibido no Brasil, o uso de vape (cigarros eletrônicos) continua popular, principalmente entre os jovens. A atração pelos sabores variados e a falsa percepção de menor nocividade têm contribuído para o aumento do uso entre adolescentes, levantando alertas entre profissionais de saúde pública. 

No entanto, embora a discussão sobre os riscos do vaping já tenha sido abordada diversas vezes, é fundamental reforçar os perigos associados a essa prática. Uma análise recente sobre a quantidade de nicotina nesses cigarros chamou a atenção nas redes sociais.

O médico Fred Fernandes,pneumologista com foco em Doença Pulmonar Avançada, usou seu perfil no X (antigo Twitter) para ilustrar que a quantidade de nicotina presente em um vape de 5ml equivale a 12 maços de cigarro. Ou seja, quem fuma um desses por semana está consumindo o equivalente a quase dois maços de cigarro por dia. 

Nicotina "líquida" intensifica os efeitos

Em entrevista ao Terra Você, a médica pneumologista da Saúde no Lar, Michelle Andreata, explica que um maço de cigarro tradicional contém aproximadamente 20 mg de nicotina, portanto, 12 maços de cigarro equivale a 240 mg de nicotina, quase a mesma quantidade presente em um único vape. 

A médica conta que a alta concentração de nicotina nos pods é projetada para proporcionar uma experiência similar ao fumo de cigarros tradicionais, mas de forma mais compacta e eficiente. 

“Além disso, a nicotina em forma líquida pode ser absorvida mais rapidamente pelo organismo, intensificando os efeitos e a dependência”, diz a pneumologista.

Efeitos imediatos

De acordo com a especialista, os efeitos imediatos do consumo exagerado de nicotina incluem:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Irritação das vias respiratórias;
  • Dependência;
  • Desconforto gastrointestinal.

O uso prolongado da nicotina ainda pode levar a doenças pulmonares, como bronquite crônica e exacerbação de asma. Sua alta dose aumenta o risco de dependência severa e pode afetar o desenvolvimento cerebral, especialmente em adolescentes e jovens adultos.

Recuperação

A médica explica que a recuperação do vício em nicotina varia de pessoa para pessoa. Os sintomas da abstinência podem começar dentro de poucas horas após o último uso e durar de uma semana a um mês.

A recuperação física pode levar de algumas semanas a vários meses para que o corpo se ajuste à ausência de nicotina. Já a recuperação psicológica pode levar mais tempo, com desejos e gatilhos persistindo por meses ou até anos.

7 estratégias para você largar o vape de vez 7 estratégias para você largar o vape de vez

As melhores alternativas para quem deseja diminuir o consumo de nicotina incluem terapia de reposição de nicotina, como gomas, adesivos, pastilhas e inaladores que fornecem doses controladas de nicotina, medicamentos que ajudam a reduzir os desejos e sintomas de abstinência, grupos de apoio e terapia comportamental, além da redução gradual da quantidade de nicotina consumida até a cessação completa.

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade