PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Tosse, febre e dificuldade para respirar: veja os sintomas da bronquiolite

Diferente da bronquite, a bronquiolite é uma doença viral que acomete crianças menores de 2 anos de idade. Veja os sintomas da condição

13 mai 2024 - 10h00
Compartilhar
Exibir comentários

A bronquiolite é uma infecção viral que afeta as vias respiratórias inferiores de bebês e crianças pequenas com menos de 24 meses de idade. A doença é mais frequente nas estações mais frias do ano, como o outono e o inverno. Isso porque a queda das temperaturas é favorável para a proliferação do vírus sincicial respiratório (VSR), que pode causar a enfermidade.

Tosse, febre e dificuldade para respirar: veja os sintomas da bronquiolite
Tosse, febre e dificuldade para respirar: veja os sintomas da bronquiolite
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Vale esclarecer que o termo bronquiolite muitas vezes é confundido com a bronquite, uma doença que acomete adultos e crianças maiores de 2 anos e se dá pela inflamação dos brônquios. A bronquiolite, contudo, acomete os menores de 2 anos, salienta o Dr. Gabriel Farias, gestor da UTI pediátrica do Hospital e Clínica São Gonçalo (HCSG) e do Hospital Icaraí. 

Sintomas da bronquiolite

Segundo o médico, os primeiros sintomas da bronquiolite se parecem com os de um resfriado comum. Isto é, tosse, coriza e obstrução nasal. Nos casos mais graves, no entanto, o bebê pode apresentar febre, desconforto respiratório (esforço para respirar) e até mesmo a necessidade de oxigênio suplementar.

"A forma mais grave da bronquiolite, chamada de bronquiolite obliterante, pode levar o paciente à necessidade inclusive de ventilação mecânica e internação em UTI. Por isso, é importante a identificação e acompanhamento dos sintomas desde o início do quadro", alerta o especialista.

Gabriel aponta que a bronquiolite é uma grande causadora de internação nas crianças até 24 meses. "É importante lembrar também que a condição tende à uma curva de piora, com pico no quinto dia de doença. Por isso, é importante as famílias estarem bem informadas", afirma.

Tratamento

O médico explica que não existe um medicamento específico para bronquiolite. Isso porque se trata de uma doença viral e autolimitada por regra.  "O tratamento consiste em amenizar os sintomas, seja através da lavagem nasal, aspiração das secreções e, em alguns casos, ofertar oxigênio", finaliza.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade