PUBLICIDADE

Dieta rica em açúcar adicionado pode aumentar pedras nos rins, diz estudo

Entenda como o açúcar pode estar presente na sua alimentação de maneira disfarçada

22 fev 2024 - 10h01
(atualizado às 16h20)
Compartilhar
Exibir comentários

Açúcar não é tão bem quisto quando o assunto é emagrecer, não é mesmo? Pior ainda quando a ciência descobre os seus agravantes para saúde. Nesse sentido, o estudo liderado por seis pesquisadores chineses e um sueco define que a dieta rica em açúcar adicionado pode aumentar pedras nos rins.

Dieta rica em açúcar adicionado
Dieta rica em açúcar adicionado
Foto: Shutterstock / Sport Life

O estudo sobre dieta rica em açúcar adicionado

A análise contou com mais de 28.000 adultos estadunidenses. E aqueles que consumiram mais energia de açúcares adicionados apresentaram em média 39% mais chances de desenvolver pedras nos rins em comparação com quem consumiu pouca quantidade de açúcares adicionados.

O que é açúcar adicionado?

Aparecem na preparação de alimentos e bebidas, como açúcar de cana, beterraba, mel, melaço, melado, rapadura, caldo de cana, extrato de malte, sacarose, glicose, frutose, lactose, dextrose, açúcar invertido, xaropes e maltodextrinas.

Os comentários da especialista

"Esse estudo serve como um grande conjunto de dados com boa credibilidade e inclui um grupo relativamente representativo de pessoas nos Estados Unidos. Desse ponto de vista, o estudo é importante porque documenta o que temos dito aos pacientes. Para evitar esse tipo de adição de açúcar", afirma a nefrologista Dra. Carolina Reigada.

A doutora ainda recorda que os açúcares adicionados causam ganho de peso aumentado, o que se relaciona com a pressão alta, resistência à insulina, síndrome metabólica e diabetes, considerados fatores de risco para aumento das taxas de cálculos renais.

"Em geral, as mudanças na dieta que auxiliam na saúde dos rins também estão associadas à diminuição das taxas de cálculos renais", termina a médica.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade