PUBLICIDADE

Conheça os 10 animais mais inteligentes do mundo

Não se engane com os animais: eles possuem uma inteligência que assombra ― se bem que o primeiro da lista é bem polêmico...

1 mai 2023 - 06h25
Compartilhar
Exibir comentários

Quais são os animais mais inteligentes do mundo? Animais não-humanos estão constantemente provando ser capazes de pensamento, empatia e inteligência de formas que nunca esperávamos. Os cientistas estão constantemente aprendendo mais sobre o mundo interno dos animais, mudando nossas percepções sobre quais criaturas são os animais mais inteligentes.

De olho nesse contexto, a Sentient Media, entidade que estuda animais, meio-ambiente e cultura, listou quais os animais mais inteligentes do mundo.

1. Humanos

É uma qualidade própria do ser humano medir a inteligência de outras espécies. Os principais indicadores de inteligência que exibimos e testamos são as habilidades de aprender com experiência, usar conhecimento para manipular o ambiente, adaptar-se a novas situações e entender e lidar com conceitos abstratos. 

Essas áreas amplas representam uma vasta gama de habilidades, como habilidades de aprendizado, memorização, raciocínio, percepção e resolução de problemas. Como espécie, excelentes em todas essas áreas e, como resultado, esperamos que outras espécies que consideramos inteligentes também se destaquem nelas.

Foto: Reprodução

2. Golfinhos

Eles são conhecidos por serem uma das espécies mais inteligentes do planeta. Eles são altamente capazes de aprendizagem e imitação. Golfinhos em grupos separados são conhecidos por usar lama para criar armadilhas para peixes e coletar esponjas para usar como proteção enquanto procuram comida entre corais. Esses dois exemplos demonstram a capacidade dos golfinhos de manipular o ambiente e empregar ferramentas para alcançar um fim.

Mais evidências da inteligência dos golfinhos são encontradas em sua habilidade documentada de se adaptar a novas situações. Pesquisadores descobriram que durante um projeto de construção em suas águas, um grupo de golfinhos se adaptou mudando seus locais de caça e também o tempo em que entraram na zona de construção para evitar as horas de construção.

Foto: Reprodução

3. Corvos

Frequentemente associados a presságios por causa de sua aparência sombria, os corvos são aves extremamente inteligentes. Eles demonstraram sua capacidade de lidar com conceitos abstratos e planejar antecipadamente melhor do que as crianças humanas. 

Em um experimento, essas aves planejaram com até dezessete horas de antecedência, escolhendo uma chave de uma série de objetos que poderiam ser usados posteriormente para abrir uma caixa com um petisco favorito dentro. Os corvos escolheram a chave 90% das vezes. 

Foto: Reprodução

4. Porcos

Embora muitas pessoas pensem que porcos são sujos, preguiçosos e não muito inteligentes, a verdade é que não só os porcos preferem ser ativos e limpos, como também são altamente inteligentes.

Quatro porcos alojados no Centro de Ciência do Bem-estar Animal da Universidade Purdue, Estados Unidos, demonstraram a capacidade de sua espécie de aprender jogando um jogo de vídeo simples. O jogo consistia em usar um joystick para manipular um ponto para atingir uma parede azul. Depois de atingir a parede, os porcos recebiam um petisco. 

Todos os quatro porcos exibiram habilidade muito maior do que seria esperado por acaso. Para jogar o jogo, os porcos tiveram que entender que mover o joystick resultava em movimento na tela.

Foto: Reprodução

5. Chimpanzés

Compartilhamos 99% de nosso DNA com chimpanzés, então não é surpresa que inúmeras horas de pesquisa tenham sido dedicadas a entender a inteligência e o comportamento de nossa espécie irmã. 

Pesquisadores há muito tempo reconhecem a capacidade dos chimpanzés de pensar de forma abstrata. Inúmeros estudos demonstraram que eles podem se reconhecer no espelho, apoiando ainda mais sua capacidade de lidar com conceitos abstratos.

Foto: Reprodução

6. Elefantes

Eles são um exemplo de animais que antes considerávamos serem lentos e carentes de inteligência, mas que são, na realidade, extremamente inteligentes. Em várias ocasiões, elefantes foram conhecidos por manipular seu ambiente para alcançar seu objetivo. 

Kandula, um elefante alojado no Zoológico Nacional de Washington D.C., EUA, demonstrou as habilidades de sua espécie nessa área. Ao passear em seu recinto, ele decidiu que queria alcançar uma fruta colocada por pesquisadores em uma haste de bambu fora de seu alcance. Para chegar à fruta, ele fez algo que nunca havia feito antes, movendo um bloco sob a árvore e usando-o para alcançar seu alvo. Em resumo, ele manipulou seu ambiente para alcançar seu objetivo.

Por anos, os pesquisadores não reconheceram a habilidade dos elefantes em manipular seu ambiente e sua capacidade de usar ferramentas por causa de suposições humanas sobre o que constitui inteligência. Eles não consideraram que os elefantes dependem muito mais de seus sentidos de olfato e tato do que os humanos ou macacos ao interagir com seu ambiente. Como resultado, eles ofereceram aos elefantes apenas paus como ferramentas, que os elefantes só podem segurar com suas trombas, reduzindo sua capacidade de tocar e sentir o mundo ao seu redor.

Foto: Reprodução

7. Papagaios-cinzentos africanos

Os papagaios-cinzentos africanos são considerados uma das espécies mais inteligentes do planeta, rivalizando até com os primatas. Alguns pesquisadores sugeriram que esses papagaios têm uma capacidade de raciocínio semelhante à de uma criança humana de três ou quatro anos.

Sabe-se que os papagaios-cinzentos africanos são capazes de usar o raciocínio dedutivo para resolver problemas, especificamente para determinar qual de duas caixas contém uma recompensa alimentar. Eles também são capazes de trabalhar juntos para obter uma recompensa desejada.

Foto: Reprodução

8. Polvos

Mesmo uma exploração superficial dos polvos revela vários casos deles escapando dos manipuladores e causando problemas em aquários ao redor do mundo. Alguns conseguiram até escapar de suas prisões aquáticas e voltar à natureza sem que seus cuidadores percebessem. Suas habilidades são menos surpreendentes quando se considera que têm uma relação cérebro  maior do que qualquer outra espécie invertebrada conhecida.

Os polvos são adeptos em usar ferramentas encontradas em seus arredores. Algumas espécies são conhecidas por carregar os tentáculos da mortal água-viva portuguesa como arma, enquanto outras coletam e carregam conchas de coco para construir abrigos para si mesmos.

Foto: Reprodução

9. Bonobos

Com uma reputação como os hippies do reino animal devido à sua natureza amorosa livre, os bonobos são uma das poucas espécies que vivem em sociedades matriarcais. Eles também são uma espécie muito inteligente capaz de empatia até mesmo com estranhos.

Os bonobos demonstraram sua empatia com estranhos em estudos que os mostraram completando uma tarefa que resultou em uma recompensa sendo dada a outro bonobo. Eless escolheram fazer a tarefa com mais frequência quando havia outro bonobo presente para receber a recompensa do que quando não havia outro macaco presente. Esse resultado sugere que os bonobos foram motivados pelo desejo de ajudar o outro macaco.

Foto: Reprodução

10. Ratos

Entre as razões pelas quais os ratos são tão comumente usados em pesquisas em configurações de laboratório está sua capacidade de aprender com suas experiências.

Essa habilidade foi aproveitada para criar uma série de experimentos diferentes testando suas habilidades cognitivas e de raciocínio.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da COMPASSO, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade