2 eventos ao vivo

Caipirinha que não cai do copo? Veja novidades em casamentos

Drone no altar, tiara personalizada, bem casado sem glúten: feira Casar 2015 reúne em SP detalhes para o mercado de cerimônias de casamentos

22 mai 2015
11h32
atualizado às 11h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Na falta dos pajens e daminhas, que tal um drone levar as alianças até o altar? E uma caipirinha que não cai do copo? Será que um bem casado sem glúten faz sucesso entre os convidados? Convite com TV de LCD e vídeo dos noivos? Todas essas opções são apenas algumas das novidades expostas na 14ª edição da Casar, feira de luxo do setor de casamentos que acontece até o dia 24 de maio, no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. O Terra esteve lá e lista alguns dos destaques:

Siga Terra Estilo no Twitter

Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Cadê as daminhas?
O artigo pode até estar na moda, mas ele foi parar no altar como uma alternativa de última hora para um dos vários contratempos que um casamento pode ter. O pajem passou mal e antes da noiva ficar desesperada, a equipe de filmagem sugeriu acoplar a caixinha das alianças no drone, que seria usado apenas como suporte da câmera. A ideia deu certo, foi usada em outras cerimônias e, para quem gostou, substituir as daminhas pela tecnologia custa, em média, R$ 4,5mil para o casal, considerando que a opção faz parte do pacote de foto / filmagem. Vale lembrar que nem todas as igrejas e salões de festa autorizam o uso do aparelho, então é bom checar isto antes. (Serviço: Reynaldo Cavalcanti by Foto Studio Equipe oferece o serviço).

Drone de filmagem pode também levar as alianças até o altar
Drone de filmagem pode também levar as alianças até o altar
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Marca na areia
Casar na praia deixou de ser aquele sonho antigo que aparece em revista e está cada dia mais acessível para os casais que querem este tipo de cerimônia. E, como o grande dia é marcado pelos mimos e pequenos detalhes, que tal deixar marcas na areia? Além de salvar as convidadas do incômodo do salto alto, os chinelos distribuídos na festa têm um solado em alto relevo com desenho das iniciais dos noivos. (Serviço: Dom Bosco Design em Papel vende o par de chinelos por R$ 21,90).

Chinelo com solado em alto relevo deixa iniciais dos noivos marcadas na areia
Chinelo com solado em alto relevo deixa iniciais dos noivos marcadas na areia
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Buquê eterno
Já pensou em guardar o buquê intacto por até 10 anos? A ideia não é novidade, mas talvez esteja mais acessível com a popularização das flores preservadas. Importadas da Colômbia, os buquês que usam esta técnica duram até dois anos em um ambiente normal, como um arranjo em cima da mesa por exemplo, ou 10 anos se colocados em um quadro. Em média, eles custam R$ 250. (Serviço: Flor de Cór)

Preservação das flores permitem que buquê dure até dois anos intacto em um ambiente com temperatura normal
Preservação das flores permitem que buquê dure até dois anos intacto em um ambiente com temperatura normal
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Vestidos e acessórios
Os modelos clássicos de vestidos ainda são os preferidos das noivas, mas para dar uma modernizada nas peças, novos materiais, tecidos mais refinados e principalmente os acessórios ganham mais valor, tudo para garantir a personalização do grande dia.

Entre as tiaras, há uma que traz a história do casal. A ideia foi inspirada no vestido de casamento da atriz Angelina Jolie que tinha desenhos dos filhos bordados no véu. Feitas de metal banhadas em prata, elas são ornamentadas com pérolas e cristais que incluem as iniciais, frases e imagens que narram momentos especiais para os noivos. (Serviço: D. Cantídio oferece a joia por até R$ 1,2 mil).

Desfiles de noiva e exposição de vestidos fazem parte da Casar 2015
Desfiles de noiva e exposição de vestidos fazem parte da Casar 2015
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

À prova de sujeira
Quem nunca derrubou toda a bebida no vestido durante um casamento? Apesar disso quase fazer parte de uma boa festa, a invenção de uma caipirinha promete o fim dessa bagunça. No copo, vai a bebida tradicional e o segredo está em uma pasta feita a base de açúcar refinado colocada até a borda, coberta com pó de ouro e flambada. A combinação cria uma capa protetora que é furada apenas pelo canudo. Segundo os criadores, o efeito dura até boa parte do drinque ser consumido se o cliente não ficar mexendo o canudo e misturar a pasta com o líquido. (Serviço: cia. Do Rizzo – preço sob consulta).

Pasta flambada de açúcar no topo da caipirinha impede que a bebida caia do copo
Pasta flambada de açúcar no topo da caipirinha impede que a bebida caia do copo
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Vamos variar nos bem casados?
Bem casado recheado com doce de leite é tradição. Mas dá pra mudar de vez em quando, né? Entre as novidades, tem as opções feitas de brownie, limão siciliano e até a versão sem glúten do doce, que substitui a farinha branca por uma feita de arroz. (Serviço: Casal Garcia Bolos – preço sob consulta).

Bem casados sem glúten e de diferentes sabores se tornam opções para a tradicional sobremesa
Bem casados sem glúten e de diferentes sabores se tornam opções para a tradicional sobremesa
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Viva o bolo!
Os macarons, doloridos doces franceses – que aliás são bem doces! –, ganharam fãs no Brasil e viraram febre nos casórios. Para enfeitar as mesas, irem como lembrancinha ou até substituir as sobremesas tradicionais e o bolo. Uma alternativa é este bolo feito com suportes de macaron em formato de rosa que, mesmo depois do convidado tirar o doce, ainda deixa a mesa decorada. (Serviço: Pitaya Doces).

Bolo de macarons
Bolo de macarons
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press
Macarons perolizados em formato de coração
Macarons perolizados em formato de coração
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Por falar em bolo, as opções cenográficas que servem só para decoração ganham vários formatos. Vale até um preto com frases escolhidas pelos noivos, enfeitado com pérolas e ainda os coloridos. (Serviço: Locação de Bolos oferece peças por R$ 170).

Bolos cenográficos de variados modelos
Bolos cenográficos de variados modelos
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press
Mesas de doces e bolos ganham diferentes versões
Mesas de doces e bolos ganham diferentes versões
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

Doces
As variadas mesas de doces podem ser substituídas também por carrinhos que circulam pela festa oferecendo pipocas gourmet ou brigadeiro. Este é o caso da food bike, uma bicicleta toda decorada que carrega várias formas e sabores do doce queridinho brasileiro. (Serviço: Brigaderô – a unidade é vendida por R$ 4, copinho de 25g por R$ 7 e a panelinha por R$ 40).

Bike com brigadeiros pode substituir mesa de doces
Bike com brigadeiros pode substituir mesa de doces
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade