0

SPFW: Neon, tricô e brilho desfilam para o verão 2020

23 abr 2019
22h52
atualizado em 24/4/2019 às 08h52
  • separator
  • 0
  • comentários

O segundo dia da 47ª edição do São Paulo Fashion Week, que termina no próximo sábado (27), com a maioria dos desfiles na Arca, espaço localizado na Vila Leopoldina, apontou vários caminhos que o verão 2020 deve tomar. Sim, as coleções são para a próxima temporada mais quente, mas nas passarelas, nada que não se possa usar agora.

Neon é uma das apostas do SPFW (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Neon é uma das apostas do SPFW (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Muitos tons neon, que começaram a ser vistos na temporada passada, estão dando as caras de vez aqui. Pink, fúcsia, laranja, amarelo-lima, verde, azul e vermelho aparecem ao lado de tons terrosos, bege e off-white.

Fabiana Milazzo, Lenny Niemeyer e Patricia Viera (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Fabiana Milazzo, Lenny Niemeyer e Patricia Viera (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

O efeito ombré (com duas ou mais cores tingidas como dégradé) é um dos carros-chefe da estação, como também foi visto na coleção de Reinaldo Lourenço, que abriu a temporada nesta segunda-feira (22), no Farol Santander.

Lenny Niemeyer (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Lenny Niemeyer (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Outra trilha apontada nas passarelas é o artesanal, o feito à mão. Assim, o tricô, com pontos largos, mas de fios leves, como a lycra, deu as caras na apresentação de Lenny Niemeyer, no ensolarado desfile na Pinacoteca, bem no Centro de São Paulo, pela manhã.

Desfile Bobstore: tricô (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Desfile Bobstore: tricô (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

E para fechar à noite, o tricô de verão, leia-se tramas abertas, com transparência e sensualidade, foi o fio-condutor da Bobstore. A marca, que apostou no esportivo, trouxe ainda inspiração esportiva traduzida para a cidade. Como? Com corte de alfaiataria, mas com detalhes ou mistura de tons fortes e vivos (olha o neon de novo aí), ao lado de bege e marrons.

Lilly Sarti (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Lilly Sarti (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

O crochê também tomou forma na aconchegante aposta de Lilly Sarti, que trabalhou com a técnica ao lado de peças de algodão, de silhueta larga, incluindo ombros e mangas, também vistos na Bobstore. Os tons de verde, off-white e rosinha dividiram a coleção inspirada num "mosaico étnico".

Lilly Sarti, Lenny Niemeyer e Fabiana Milazzo (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Lilly Sarti, Lenny Niemeyer e Fabiana Milazzo (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

O brilho não faltou em Lilly, nem em Lenny, nem na Bobstore e muito menos em Fabiana Milazzo. A mineira, que teve como convidadas, Paloma Bernardi, Larissa Manoela e a miss Brasil Julia Horta, se inspirou no artista plástico Vik Muniz e recriou em looks algumas obras do artista, como as franjas coloridas estampadas e colocadas sob tiras de canutilhos.

O lixo que vira luxo transformou-se em peças que traziam referências às esculturas de arame farpado. Colares e bordados na forma dos fios enfeitavam as peças com brilho.

Lenny Niemeyer e Fabiana Milazzo (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Lenny Niemeyer e Fabiana Milazzo (Fotos: Francisco Cepeda/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Maxiestampas de flores são outro ponto forte para a estação, tanto que deram as caras nos desfiles da Lenny e de Fabiana.

Fluidez, sobreposições, assimetrias e tecidos leves e soltos, traduzindo uma feminilidade tranquila e confortável foi o mote dos desfiles desta terça-feira.

Veja resumo do dia

Visualizar esta foto no Instagram.

Tendências para o verão 2020

Uma publicação compartilhada por Elas No Tapete Vermelho (@elasnotapetevermelho) em

Elas no Tapete Vermelho
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade