0

Menino com doença na medula espinhal mostra à cadela que consegue andar e vídeo viraliza

'Olha, Meggie, eu estou andando!', disse o menino Roman Dinkel, de 2 anos, que tem espinha bífida

10 ago 2018
17h50
atualizado às 19h52
  • separator
  • 1
  • comentários

O menino americano Roman Dinkel, de dois anos, tem espinha bífida, uma doença congênita rara que faz com que a medula espinhal não se desenvolva normalmente. Há uma semana, Roman conseguiu se locomover sozinho usando muletas - e fez questão de mostrar sua alegria pela conquista a sua cadela.

Roman, um menino de 2 anos do Kansas, EUA, tem doença rara que faz com que sua medula espinhal não se desenvolva normalmente e ele tenha dificuldade de andar. 
Roman, um menino de 2 anos do Kansas, EUA, tem doença rara que faz com que sua medula espinhal não se desenvolva normalmente e ele tenha dificuldade de andar.
Foto: Facebook/romanclevelanddinkel / Estadão

Roman foi filmado enquanto conseguia andar e falou a cadela da família: "Olha, Meggie! Eu estou andando, Maggie!". O vídeo foi publicado por sua mãe, Whitney Dinkel, na página Defying Odds: Roman's Journey, na qual ela compartilha o dia a dia da criança. Mesmo com menos de um minuto de duração, o vídeo encantou internautas do mundo inteiro e já ganhou mais de 550 mil compartilhamentos e 271 mil curtidas.

De acordo com a ABC News, quando Whitney estava com 20 semanas de gravidez, os médicos diagnosticaram Roman com a espinha bífida. "Antes de ele nascer, nos falaram que ele não iria ser capaz de andar", disse Adam Dinkel, pai do menino, à emissora. "Nós ficamos assustados, confusos sobre o porquê isso estava acontecendo conosco. E o medo é realmente ruim, porque tudo o que você quer é que seus filhos tenham uma vida maravilhosa".

Roman nasceu no dia 5 de maio de 2016 e, com a ajuda de um quiroprata e de um fisioterapeuta, tem aprendido a andar com o auxílio de uma muleta. Há uma semana, quando o vídeo foi filmado, ele conseguiu andar de forma independente pela primeira vez.

Estadão
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade