PUBLICIDADE

5 dicas para economizar na hora de decorar o seu imóvel

Veja como criar ambientes acolhedores e elegantes sem gastar muito

19 fev 2024 - 13h01
Compartilhar
Exibir comentários

Economizar na decoração de um imóvel é totalmente possível com algumas estratégias inteligentes. Nesse sentido, dá para criar um lar sustentável sem desperdiçar recursos naturais e gastando pouquíssimo, como explica Aline Sofia, CEO da Aline Sofia Curadoria de Imóveis.

Estratégias simples ajudam a economizar na hora de decorar a casa
Estratégias simples ajudam a economizar na hora de decorar a casa
Foto: PHOTOCREO Michal Bednarek | Shutterstock / Portal EdiCase

"Ter a decoração dos sonhos não só valoriza o imóvel como também traz bem-estar e conforto em níveis mais elevados. Sempre digo que a casa é o principal cenário da vida da pessoa, o refúgio, o porto seguro, o lugar onde se constroem as mais importantes memórias, por isso é tão importante ter um ambiente que seja acolhedor e, ao mesmo, elegante", afirma.

A seguir, veja 5 maneiras eficazes de decorar a sua casa sem gastar muito!

1. Estipule um orçamento

Antes de começar qualquer projeto de decoração, é fundamental definir um orçamento realista. Determine quanto você pode gastar e distribua esse valor entre os diferentes elementos da decoração, como móveis, acessórios e materiais de reforma. Manter-se no orçamento evitará gastos desnecessários e ajudará a priorizar o que é realmente importante para você.

2. Determine um estilo

Escolha um estilo de decoração específico pode orientar suas escolhas e evitar gastos excessivos com itens que não se encaixam na estética desejada. Pesquise diferentes estilos, como minimalista, vintage, moderno ou rústico, e selecione aquele que melhor se alinha com sua personalidade e preferências. Isso ajudará a direcionar suas compras e a manter a coesão visual em todo o espaço, sem precisar gastar muito em itens desnecessários.

Itens usados têm preços mais acessíveis
Itens usados têm preços mais acessíveis
Foto: Followtheflow | Shutterstock / Portal EdiCase

3. Adquira itens de segunda mão

Uma das maneiras mais eficazes de economizar na decoração é comprar itens usados. Explore brechós, sites de vendas de segunda mão e grupos de redes sociais para encontrar peças de qualidade a preços acessíveis. Muitas vezes, é possível encontrar móveis e acessórios únicos e cheios de personalidade por uma fração do preço que você pagaria por itens novos em lojas convencionais.

O mercado de leilões online também pode ser interessante. "Temos observado um crescente interesse em produtos de leilões, principalmente, os produtos assinados ou mais caros, como geladeira, máquina de lavar etc., relacionados aos apartamentos decorados. Acredito que o ambiente on-line derrubou a imagem de que leilões eram complicados, só para algumas pessoas, só para quem tinha muito dinheiro, e outras ideias similares", explica Henri Zylberstajn, especialista no segmento e CEO da Kwara (plataforma de venda de bens e produtos).

4. Reaproveite os itens

Antes de descartar qualquer item antigo ou sem uso, considere se ele pode ser reaproveitado ou transformado em algo novo. Por exemplo, móveis antigos podem ser restaurados e revitalizados com uma nova pintura ou estofamento. Da mesma forma, objetos como garrafas de vidro, caixotes de madeira e tecidos podem ser transformados em peças decorativas únicas por meio de técnicas de artesanato.

5. Faça você mesmo

O DIY (faça você mesmo) é uma ótima maneira de economizar dinheiro e adicionar um toque pessoal à decoração do seu imóvel. Explore tutoriais online e ideias de projetos DIY para criar itens decorativos, como quadros de parede, almofadas, luminárias e prateleiras. Além de economizar dinheiro, o DIY permite que você personalize sua decoração de acordo com suas preferências e habilidades criativas.

Por Letícia Carvalho

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade