PUBLICIDADE

Com 150 anos, SPFW prova que o jeans ainda é trend

9 nov 2023 - 19h58
(atualizado em 10/11/2023 às 22h53)
Compartilhar
Exibir comentários

Um dos desfiles do segundo dia do SPFW foi do movimento Sou de Algodão, que une profissionais de toda a cadeia para valorizar a matéria-prima brasileira plantada e beneficiada de forma sustentável. Os 40 looks mostrados prestaram homenagem ao velho e bom jeans, cuja patente da primeira calça foi dada em 1873 a Levi Strauss.

Sou de Algodão no SPFW
Sou de Algodão no SPFW
Foto: Andy Santana/Brazil News / Elas no Tapete Vermelho

Provando que a calça e todas as outras peças fabricadas com o tecido estão e vão continuar na moda, um coletivo de nove estilistas e marcas produziram os looks, com todas as possibilidades que o índigo jeans oferece.

Algumas misturadas com crochê e tricô, as produções vinham ora mais esportiva, ora mais sofisticada, com sobreposições, patchwork, lavagens variadas, misturando às técnicas artesanais, contemporâneas com a inovação têxtil.

Sou de Algodão no SPFW
Sou de Algodão no SPFW
Foto: Andy Santana/Brazil News / Elas no Tapete Vermelho

O desfile, que atrasou uma hora para começar, contou com a produção e direção criativa de Paulo Borges, diretor do SPFW. As marcas e estilistas responsáveis pelos modelitos foram Amapô, David Lee, Dendezeiro, Heloísa Faria, Korshi 91, Martins, Ronaldo Silvestre, Thear e Weider Silvestre. Todos assinam embaixo que jeans é e continuará sendo trend, quem sabe por mais vários séculos.

Elas no Tapete Vermelho
Compartilhar
Publicidade
Publicidade