PUBLICIDADE

Aeroméxico passa a usar combustível renovável

21 nov 2011 - 20h53
(atualizado às 21h21)
Compartilhar

A UOP LLC, empresa da Honeywell, está utilizando o Green Jet Fuel - combustível renovável produzido com tecnologia UOP - para abastecer a rota da Aeroméxico entre a Cidade do México e San José, na Costa Rica. A iniciativa põe a empresa na vanguarda do uso de combustível renovável no serviço diário de voos de passageiros.

A iniciativa faz parte do projeto da companhia denominado Green Flights, desenvolvido para reduzir a emissão de gases que geram efeito estufa. Um Boeing 737-700 operado pela companhia, que transporta até 124 passageiros, usa uma mistura de 15% de Green Jet Fuel produzido com o vegetal não comestível camelina (planta da família das crucíferas) e combustível à base de petróleo.

A Agência Mexicana de Aeroportos e Serviços Auxiliares (ASA) é a responsável pela mistura do Green Jet Fuel com o combustível à base de petróleo. A agência também desenvolve o programa Plano de Voo na Direção dos Biocombustíveis para a Aviação Sustentável no México, que se concentra em identificar e analisar os elementos da cadeia de produção de biocombustíveis para a aviação no México.

"Essa rota comercial regular abastecida pelo Honeywell Green Jet Fuel é um enorme passo para o estabelecimento do mercado de biocombustíveis para aviação e o uso generalizado desses combustíveis", diz Jim Rekoske, vice-presidente e gerente-geral da Área de Energia Renovável e Produtos Químicos da Honeywell UOP. "Com a adição dessa rota, a Aeroméxico e a ASA estão ajudando a tornar realidade as viagens aéreas ecologicamente mais limpas a partir de fontes de energia não fósseis." A aviação mexicana espera que os biocombustíveis representem 1% do combustível usado no México até 2015 e 15% até 2020.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade