0

Campus Party: forte calor causa dores de cabeça e indisposição

29 jan 2014
18h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O calor e as filas são as principais reclamações de campuseiros neste ano. O pavilhão de exposições do Anhembi, que recebe os maiores eventos deste tipo em São Paulo, não tem ar-condicionado e o calor de 34º C do lado de fora parecia beirar os 40º C no interior da estrutura de 64 mil metros quadrados que abriga a Campus Party.

A maioria dos casos atendidos pelo posto médico do evento teve relação à temperatura do ambiente, que causou dores de cabeça e indisposição em alguns campuseiros. Nem a assessoria, nem o posto médíco, informaram quantos foram os atendimentos realizados no local.

Para o maranhanse Carlos Moura, 40 anos, o calor de São Paulo está pior que em sua terra natal. Esta é a quarta vez que ele vem à Campus Party para acompanhar as palestras sobre segurança na rede. No entanto, para Moura as filas são outro problema. "É fila para credenciar, entrar, registrar equipamento. Demorei 15 minutos só para conseguir escovar os dentes", afirmou.

De acordo com os organizadores, foram instalados 180 chuveiros para dar conta de cerca de 5 mil barracas de campuseiros. Nem todos os chuveiros possuem água quente - a assessoria não informou qual a porcentagem -, mas nesse calor um banho frio pode ser bem vindo. A maioria (75%) dos chuveiros estão na área masculina e 25% na feminina.

Segundo o estudante de Sistemas de Informação, Tiago Cardoso, 20 anos, as filas demoram em torno de 5 a 10 minutos. Para passar da área de palestras destinada apenas a campuseiros para a área aberta (Open Campus) é preciso passar por um detector de metal e raio-x, o que gera longas linhas se você estiver com mochila ou com um computador.

Para transitar com um computador é preciso que ele esteja registrado em seu nome - e para isso também foi preciso pegar fila, principalmente no primeiro dia. A verificação é feita por um segurança que confirma o número com a foto de sua credencial, o que garante a tranquilidade dos campuseiros. 

Os "carrinhos" da Sabesp que distribuem água de forma gratuita também são concorridos, assim como os restaurantes nos horários das refeições. Há opções como marmitex, com salada e farofa, por R$ 15, até fast food e pizza. 

Campus Party destaca startups na edição 2014

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade