1 evento ao vivo

99 vai permitir que motorista mulher só leve passageiras

Empresa lançou pacote de segurança nesta semana; recursos já adotados pelo rival Uber, como gravação de áudio da corrida, também serão implementados

10 dez 2019
19h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A startup de mobilidade 99 anunciou novas medidas de segurança nesta segunda-feira, 9, para usuários e motoristas da plataforma. A principal novidade é o 99 Mulher, que permite que motoristas mulheres atendam apenas passageiras com perfil do mesmo gênero, além de contar com a opção de gravar o áudio todas as conversas que ocorrem no carro direto no aplicativo.

"Hoje, mais de 99,99% das nossas chamadas terminam em segurança", diz Thiago Hipólito, diretor de segurança da 99. "Mas não estamos tranquilos com esse número e vamos nos manter dedicados em sempre promover mais proteção antes, durante e depois das corridas". A empresa conta, hoje, com 20 milhões de pessoas em 1,6 mil cidades do Brasil.

A 99 ainda informa que 67% das ocorrências na plataforma são de agressões verbais decorrentes, majoritariamente, de desentendimentos. As novas funcionalidades entram em cena para modificar situações como essas.

Os recursos, porém, não são novidades quando se fala de aplicativos de transporte. O Uber, concorrente direta, lançou as mesmas funções nos últimos dois meses. O U-Elas, função para as motoristas mulheres, foi implementado em outubro deste ano, enquanto o modo de gravação de áudio foi ativado em novembro. Na 99, as novidades entrarão em vigor ainda em dezembro de 2019.

Dentro do pacote de segurança, a empresa também trabalhou ferramentas como identificação facial na hora de cadastrar a foto do passageiro no aplicativo, com uso de inteligência artificial. Outros serviços disponíveis são o bloqueio de usuários e preenchimento automático de CPF, que cadastra o nome do usuário a partir do registro do documento. A medida visa facilitar a identificação por parte do motorista, evitando apelidos.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade