PUBLICIDADE

Nevascas em plena primavera causam transtornos na Alemanha

21 abr 2024 - 14h06
(atualizado em 22/4/2024 às 05h03)
Compartilhar
Exibir comentários

Geada, granizo e pistas escorregadias em meio à onda de frio resultam em vários acidentes em rodovias, queda de árvores e na morte de um homem de 65 anos. Baixas temperaturas devem persistir nos próximos dias.Fortes nevascas em plena primavera europeia têm causado transtornos em partes da Alemanha neste fim de semana - ao menos uma pessoa morreu.

Neste domingo (21/04), a montanha Grosser Arber, na Floresta da Baviera, ficou coberto por meio metro de neve; na Floresta da Turíngia e nas montanhas do Erzgebirge, na fronteira com a República Tcheca, havia mais de 20 centímetros de neve fresca acumulada.

O Serviço Alemão de Meteorologia (DWD) alerta que o frio deve permanecer nos próximos dias, com neve, geada e gelo negro (camada de gelo vítreo que se forma sobre uma superfície, deixando-a escorregadia).

Os maiores transtornos estão sendo registrados nas estradas. Um homem de 65 anos morreu num acidente envolvendo vários carros perto de Ilmenau, no estado da Turíngia, durante uma queda de granizo - as temperaturas ficaram pouco acima de 0 °C. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Devido a vários acidentes, a Autobahn 8, ao sul de Munique, foi completamente fechada no sábado. Equipes de emergência e resgate tiveram que ser acionadas.

Em algumas estradas do estado da Baviera foi emitido o alerta de trânsito possível "apenas com equipamento de inverno", como no Riedbergpass, em Obermaiselstein.

Na Alta Francônia, também na Baviera, a pista escorregadia provocou um grande engavetamento na A70 envolvendo 29 veículos, entre eles um ônibus - ao menos 15 pessoas ficaram feridas

Perto de Kassel, no norte do estado de Hessen, a Autobahn 7 na direção norte foi completamente fechada devido a veículos parados e quebrados. Além disso, diversas estradas federais e estaduais da região foram bloqueadas em razão de queda de árvores. As autoridades pediram "urgentemente" às pessoas no distrito de Kassel e arredores que evitassem dirigir e frequentar florestas. O peso da neve nas árvores pode fazer com que muitas delas não resistam e caiam, ferindo pessoas e bloqueando estradas.

No distrito de Zwickau, na Saxônia, na noite de sábado, estradas congeladas causaram vários acidentes, ferindo quatro pessoas. Em Osthessen, no distrito de Fulda, quatro pessoas ficaram levemente feridas. Na Saxônia-Anhalt outro acidente devido à queda de granizo deixou sete feridos na A36, no distrito de Harz.

A neve também causou problemas no estado da Renânia do Norte-Vestfália: várias árvores no leste da Vestfália-Lippe quebraram com o peso da neve, criando 20 pontos de perigo, de acordo com a polícia.

Alerta segue

Neste domingo, o alerta do DWD era para neve em regiões do sul do país localizadas a mais de 400 metros de altitude, com acúmulo mais intenso na Floresta da Turíngia e a região de Mittelgebirge. De acordo com o DWD, neve ou condições escorregadias também podem ser esperadas em Baden-Württemberg, mesmo em altitudes mais baixas, e em locais dos estados da Renânia-Palatinado e do Sarre.

Nesta segunda-feira, as mínimas podem chegar a 6 °C negativos. As máximas não devem ultrapassar os 11 °C em toda a Alemanha - e há alerta de geada em várias regiões.

Além de transtornos para a população, sobretudo para os motoristas, o frio intenso, a neve e a geada podem prejudicar as flores, que já vinham desabrochando com a primavera. O meteorologista Lars Kirchhübel, do DWD, alerta que "as plantas com flores, em particular, estão em risco e devem ser protegidas".

Abril de contrastes

Segundo o DWD, o motivo do frio intenso fora de época é um sistema de alta pressão de bloqueio sobre o Atlântico. Isso faz com que áreas de baixa pressão se desloquem do norte para a Europa Central.

A atual onda de frio vem após um começo de abril mais quente do que o normal. As temperaturas médias na primeira quinzena do mês ficaram de quatro a quase sete graus acima da média.

De acordo com o DWD, mesmo com a queda acentuada na temperatura nos últimos dias, ainda assim os valores médios continuam dois a quatro graus acima do habitual em abril.

le/as (ots)

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade