PUBLICIDADE

Mundo

Ucrânia considera chamar Rússia para discutir paz nos termos de Kiev

25 fev 2024 - 13h42
Compartilhar
Exibir comentários

A Ucrânia e seus parceiros estrangeiros poderiam convidar a Rússia para uma futura conferência de paz para discutir o fim da invasão de Moscou, que já dura dois anos, nos termos de Kiev, disse um funcionário ucraniano sênior neste domingo.

A Suíça vai sediar uma cúpula para discutir a visão de paz do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que poderá ser entregue à Rússia durante uma segunda reunião, disse Andriy Yermak, chefe de gabinete de Zelensky.

"Pode haver uma situação em que convidemos representantes da Federação Russa e na ocasião lhes será apresentado o plano, caso quem quer que esteja representando o país agressor deseje genuinamente acabar com esta guerra e regressar a uma paz justa", disse durante uma conferência televisiva em Kiev.

Zelensky anunciou pela primeira vez sua ideia de paz em novembro de 2022, à cúpula do G20, grupo das 20 principais economias do mundo. A proposta sugere a restauração da integridade territorial da Ucrânia e a retirada total das tropas russas.

Kiev afirmou que não falaria com Moscou até que todas as tropas russas deixassem o território ucraniano.

O Kremlin afirmou que atualmente não existe uma base para negociações de paz entre a Rússia e a Ucrânia, e que o plano de paz de Kiev era absurdo porque excluía a Rússia.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade