PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Mundo

Tesla dispensa 10% de funcionários para reduzir custos

Em e-mail, Elon Musk falou em preparação para crescimento

15 abr 2024 - 16h12
(atualizado às 16h21)
Compartilhar
Exibir comentários

- A montadora de carros elétricos Tesla anunciou nesta segunda-feira (15) um corte de 10% na força de trabalho a nível global.

Em um e-mail aos funcionários, o bilionário Elon Musk, CEO da empresa, explicou que a iniciativa se deveu, em alguns casos, à duplicação de vagas, mas também à necessidade de reduzir custos.

Ao todo foram dispensados 14 mil funcionários. A decisão de redimensionar foi tomada em meio a perspectivas frágeis de crescimento, desaceleração geral das vendas e concorrência crescente.

Além do layoff, foi anunciada a saída do executivo Drew Baglino, vice-presidente sênior para propulsão e energia, que estava na empresa há 18 anos.

?Não há nada que eu odeie mais, mas precisa ser feito. Permitirá que sejamos mais ágeis, inovadores e vorazes para a próxima fase de crescimento?, escreveu Musk.

As dificuldades da Tesla emergiram com mais força no quarto trimestre de 2023, quando perdeu a primazia em vendas para carros elétricos, ultrapassada pela chinesa BYD. Além disso, foi registrada a primeira queda anual das vendas desde 2020.

Os problemas estão inseridos em um contexto geral de desaceleração das compras, já que consumidores vêm adiando a aquisição ou têm preferido carros híbridos.

.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade