0

Suspeito de ataque em Paris agiu sozinho, confirma polícia

Homem foi preso próximo à Praça da Bastilha

25 set 2020
08h52
atualizado às 08h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O suspeito de ter realizado um ataque contra diversas pessoas próximo à antiga redação do jornal satírico francês "Charlie Hebdo" agiu sozinho, informou a polícia local. O homem foi preso pouco após ferir, ao menos, quatro pessoas nesta sexta-feira (25) em uma área próxima à Praça da Bastilha.

Ataque próximo à antiga sede do jornal Charlie Hebdo deixou ao menos 4 feridos
Ataque próximo à antiga sede do jornal Charlie Hebdo deixou ao menos 4 feridos
Foto: Alain JOCARD / AFP / Ansa

Entre as quatro pessoas feridas, duas eram repórteres da agência "Première Ligne", que optou por permanecer no prédio mesmo após o ataque terrorista de 2015. Segundo a própria empresa, os dois tinham decido para fumar um cigarro e foram atacados pelo homem.

Os jornalistas dessa agência francesa haviam sido os primeiros a divulgar as fotos dos irmãos Kouachi após o massacre dentro da redação do Charlie Hebdo, em janeiro daquele ano.

- Área liberada: Após verificarem que um pacote suspeito deixado próximo o local da ação não tinha explosivos, os agentes liberaram a área próxima ao prédio - que havia sido fechada para tentar achar o suspeito - para a circulação normal de pessoas.
    .
   

Veja também:

Os fatores por trás da popularidade de Jacinda Ardern, reeleita com folga premiê da Nova Zelândia
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade